terça, 27 de setembro de 2022
SIGA-NOS

Conheça a história de Edilaine Godoi: De empacotadora de supermercado a executiva premiada do e-commerce



Publicado em segunda-feira, agosto 15, 2022 · Comentar 

Conheça a história de Edilaine Godoi e descubra como ela despontou da periferia de Guarulhos (SP) para se tornar Head de Digital em diferentes empresas e fazer a diferença na vida de jovens de comunidades, com A Liga Digital  

Quem acompanha o dia a dia de executiva do e-commerce de Edilaine Godoi, 38, não imagina que sua vida profissional teve início muito cedo, aos 14 anos de idade, como empacotadora de uma rede de supermercados em Guarulhos (SP), sua cidade natal. Foi ali, na periferia da Grande São Paulo, que “Edi”, como é conhecida, teve suas primeiras lições no atendimento junto ao público. E foi também ali que ela percebeu que “sorrir para a vida sempre lhe trazia um sorriso de volta”.

A carreira desta profissional, premiada como Melhor Profissional de E-commerce pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico – ABComm em 2015, 2016, 2018 e 2020, se virou para a área digital não por um mero acaso, mas por meio da educação –, da qual ela é grande entusiasta. “Foi por meio de um curso na área de web design, no início dos anos 2000, que tomei gosto pelo que hoje conhecemos como mercado digital”. Assim, ela conseguiu uma primeira oportunidade como web designer na CADTEC, e três anos após uma nova oportunidade profissional, como coordenadora de marketing na Sanegás.

Com veia empreendedora, criou em 2006 sua própria empresa de soluções para a Internet, a Lared Artes, conquistando a Ultrafarma como principal cliente. Após 4 anos, foi convidada para assumir a gerência de E-Commerce da rede. Nesta época, em 2010, se formou em Marketing pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing).

“Ninguém faz nada sozinho. Logo no início, eu precisei ser forte e madura para me dedicar ao máximo e alcançar os meus objetivos. Mas se hoje eu estou aonde estou, é porque tive ‘guardiões’, pessoas que pegaram na minha mão e me ensinaram, que acreditaram no meu potencial e nas minhas ideias para, junto comigo, fazer acontecer. Continuo aprendendo muito e contando com guardiões. Ao longo desta jornada, tenho buscado também ser uma guardiã para as pessoas e, em especial, para os jovens que estão em busca de oportunidades”, afirma Edilaine.

Nos últimos 12 anos, Edilaine passou por empresas como Combe International, Netfarma, Hypera Farma, Consulta Remédios e Ikesaki, onde é atualmente Head de Marketing e Transformação Digital. Ao longo do caminho, sentiu a necessidade de retribuir à sociedade. Em 2020, em meio à pandemia da Covid-19, percebendo a grande carência dos jovens de comunidades por cursos profissionalizantes gratuitos na área de e-commerce, programação e marketing digital, fundou A Liga Digital ao lado de Helenice Moura, uma executiva com história similar à sua em vários aspectos.

Esforço conjunto em prol d’A Liga Digital

“Os jovens carentes merecem ter acesso a cursos profissionalizantes, não há outro caminho para ajudá-los de verdade. E eles não podem pagar, por isso precisam ser gratuitos e de qualidade. Um povo educado desenvolve a nação, todos ganhamos. Nosso povo é guerreiro, faz muito com muito pouco. Um jovem que tem a oportunidade de fazer um curso que seja na área de marketing digital, de programação, de tecnologia, e pega gosto pela coisa, pode ir muito longe”, reforça Edilaine, com um sorriso no rosto.

Startup ESG com alto Impacto Social, A Liga Digital acredita no empoderamento econômico dos jovens através da educação. A entidade atua em todo o território nacional por meio de cursos gratuitos online de E-commerce, Marketing Digital e Programação, levando qualificação digital gratuita a jovens de baixa renda por meio de professores voluntários, seus super-heróis. A instituição já formou mais de 8 mil alunos em todo o Brasil nestes 2 anos de existência.

“Nosso objetivo é o de proporcionar mudanças positivas na vida das pessoas. Queremos atrair os jovens de comunidades para o digital e suprir as necessidades deste mercado, que precisa de talentos em tecnologia. Segundo os dados da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais (Brasscom), serão quase 673,5 mil novas vagas até 2025”, ela aponta.

Além de qualificação, os jovens que participam dos cursos A Liga Digital recebem o apoio de psicólogas e profissionais de Recursos Humanos, que os ajudam a superar barreiras e aproveitar oportunidades de recrutamento da melhor forma.

Enquanto liderança feminina, Edilaine comenta que o varejo foi se transformando em um negócio de alta tecnologia, mas que no início de sua carreira, era diferente. “Desde que entrei no varejo, tudo foi evoluindo, as ferramentas de meios de pagamento, de logística, de estoque, de monitoramento do comportamento dos clientes, de análise de dados, enfim, é um mundo bem fascinante e que muda muito rápido”, comenta.

Por onde passa, Edi leva motivação e brilho nos olhos. “A todos que contribuíram e contribuem com a minha jornada, minha eterna gratidão”, finaliza.

Sobre A Liga Digital – Criada pelas executivas do E-Commerce Edilaine Godoi e Helenice Moura, a startup educacional de impacto social já formou mais de 8 mil jovens. A Liga reúne tem professores voluntários (chamados de heróis) envolvidos no Brasil inteiro – especialistas reconhecidos em seus segmentos que preparam gratuitamente alunos da rede pública e com acesso a poucos recursos, a fim de que lancem suas lojas virtuais ou estejam aptos a construir uma carreira no mercado digital. O projeto tem o apoio do E-commerce Brasil, Infracommerce, Credicitrus, Proxy Media, Grupo DPSP e Agência Comunicado. Mais informações sobre os cursos podem ser encontradas no instagram. 

Da Redação do ExpressoPB
Com Assessoria 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48