sábado, 13 de agosto de 2022
SIGA-NOS

Polícia investiga suposto estupro envolvendo criança de 13 anos em casa de acolhimento



Publicado em quinta-feira, agosto 4, 2022 · Comentar 

Um possível caso de estupro envolvendo uma criança de 13 anos está sendo investigado pela Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância e a Juventude. Conforme a denúncia, registrada nesta terça-feira (2), um homem de 40 anos teria praticado “atos libidinosos” na menor de idade, durante o período em que ela vivia em uma casa de acolhimento em João Pessoa.

O g1 tentou contato com a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania de João Pesssoa (SEDHUC), por meio da assessoria de comunicação do órgão, para saber quais medidas foram tomadas em relação ao caso, mas não obteve respostas até a publicação desta matéria.

De acordo com a delegada Joana Darc, o suspeito presta serviço para a casa de acolhimento, que não teve o endereço divulgado para preservar os pacientes que nela residem. No local, a menina mora com outras duas irmãs, que também prestaram depoimento na delegacia. A menina alegou que chegou a ser abusada pelo funcionário.

Segundo a delegada, o suspeito foi ouvido após ter se apresentado espontaneamente na delegacia. Ele negou o crime e deu uma versão dos fatos que coincide com o depoimento da menina, exceto em relação à alegação que ela deu sobre ter sido abusada sexualmente.

Ainda conforme a delegada, não foi necessário realizar exames na menina porque, segundo o depoimento dela, não houve conjunção carnal, somente atos libidinosos.

Após prestar depoimento, o homem foi liberado, mas deve responder por estupro de vulnerável devido a idade da menina. Ele também foi afastado do trabalho enquanto durar as investigações.

Já a menina retornou para a casa de acolhimento, onde tem atendimento psicossocial e frequenta a escola. O espaço não tem histórico de casos semelhantes.

Da Redação com Repórter PB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48