sábado, 25 de setembro de 2021
SIGA-NOS

Deputado entra de licença médica na ALPB



Publicado em sexta-feira, julho 23, 2021 · Comentar 

Depois de vencer uma dengue hemorrágica, em 2008, fazer uma cirurgia delicada em 2015, superar um câncer na laringe, em 2018, e uma hemorragia digestiva em 2020, o deputado estadual Jeová Campos vai precisar tirar uma licença médica para fazer uma minuciosa reavaliação da ‘Enteroplastia Proporcional e Valvulada’, cirurgia feita em Recife, pelo médico Luiz Gonzaga, há seis anos.

Nos últimos tempos, o deputado tem sentido um desconforto abdominal que precisa ser investigado com mais detalhamento e aprofundamento. Para tanto, o parlamentar protocolou nesta sexta-feira (23), seu pedido de licença médica.

O suplente dele, Trocolli Júnior (Podemos) assumirá o mandato durante a licença de Jeová que, inicialmente, será de 30 dias.

“Em entendimento com meu médico, o Dr. Luiz Gonzaga, ele me orientou a tirar a licença para fazer a reavaliação e os exames de forma contínua, sem prejuízo de tempo, o que eu não conseguiria se continuasse exercendo as minhas atividades legislativas, que embora remotas precisam de continuidade, regularidade e frequência”, justificou o parlamentar, complementando que está confiante que breve retomará suas atividades.

Ainda segundo Jeová, saber que o mandato vai ter continuidade com o deputado Trocolli Júnior, o deixa mais tranquilo.

“Conheço Trocolli, ele já tem significativos serviços prestados à Paraíba e sei que ele vai honrar a ALPB e representar à altura o parlamento paraibano durante minha ausência.”, afirmou Jeová.

De acordo com o deputado, inicialmente, sua licença será de 30 dias. “Embora meu médico tenha me tranquilizado que não deva ser nada grave, eu preciso ter um olhar voltado para minha saúde, neste momento, e se houve a necessidade de prorrogar esse tempo de licença eu o farei, até porque no próximo ano, que é um ano eleitoral, mesmo não disputando mais um mandato, quero estar presente na luta democrática, principalmente, nos palanques e na defesa de Lula, porque o Brasil não aguenta mais tanto desmantelo e descaso, principalmente, com a vida humana e os mais humildes”, finalizou Jeová.

Da redação/ Com Ascom

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48