quarta, 20 de janeiro de 2021
SIGA-NOS

Defesa de Moro alega ‘surpresa’ com decisão de Bolsonaro sobre depoimento



Publicado em quinta-feira, novembro 26, 2020 · Comentar 

A defesa do ex-ministro Sergio Moro afirmou hoje que recebeu com ‘surpresa’ a decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de abrir mão do seu depoimento presencial no inquérito sobre a suposta interferência na PF (Polícia Federal). A investigação, que corre no STF (Superior Tribunal Federal), foi aberta após a denúncia feita por Moro quando ele pediu demissão do então cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública.

O depoimento presencial de Bolsonaro foi determinado pelo ex-ministro do STF Celso de Mello, que se aposentou no mês passado. No entanto, o presidente não tinha a obrigação de comparecer à PF para dar explicações. A defesa de Bolsonaro, inclusive, pleiteava que o depoimento pudesse ser por escrito.

“A defesa do ex-ministro Sergio Moro recebe com surpresa o declínio do presidente da República de atender à determinação para depor em inquérito no qual é investigado”, afirma a nota assinada por Rodrigo Sánchez Rios, advogado de Moro no STF.

Segundo a defesa do ex-juiz da Lava Jato, o depoimento de Bolsonaro seria necessário porque as investigações conduzidas até agora “demandam explicação” do presidente.

“A negativa de prestar esclarecimentos, por escrito ou presencialmente, surge sem justificativa aparente e contrasta com os elementos reunidos pela investigação, que demandam explicação por parte do presidente da República”, acrescenta a nota.

Moro fez a denúncia alegando que Bolsonaro tentou interferir na PF com uma sugestão de troca no comando da corporação. Por conta disso, foi aberto um inquérito no STF e analisado o conteúdo de uma reunião ministerial realizada em 22 de abril, apontada por Moro como principal prova da tentativa de interferência do presidente.

Bolsonaro, entretanto, alega que a sua fala na reunião foi em referência ao GSI (Gabinete de Segurança Institucional), e não à Polícia Federal.

Da redação/ Com UOL

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48