sábado, 31 de outubro de 2020
SIGA-NOS

Dezessete municípios da Paraíba já ultrapassaram o volume de chuvas esperado para o mês de julho; JP já choveu 8,4% acima da média



Publicado em segunda-feira, julho 20, 2020 · Comentar 

Dezessete municípios paraibanos já registraram chuvas acima do volume esperado para todo o mês de julho. Em João Pessoa, por exemplo, a menos de 11 dias para terminar o mês, a cidade ultrapassou a quantidade esperada conforme dados da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa/PB). Com as precipitações registradas no fim de semana, o volume aguardado, que era de 236,6 milímetros, chegou a 256,6 milímetros, ou seja, 8,4% acima da média.

Dos meses do ano, julho é o mês mais chuvoso na região litorânea. Somente no ano de 2019, nesse mesmo período, em João Pessoa, foram somados 354 milímetros de chuvas, ou seja, 49,6% acima da climatologia esperada. No entanto, o município já registrou invernos mais secos, como no ano de 2018, quando choveu abaixo do esperado, 207 milímetros.

Além da Capital paraibana, também ultrapassaram a média esperada os municípios de Jacaraú, Cruz do Espírito Santo, Mamaguape, Serraria, Pilar, Caiçara, Cuité, Ingá, Casserengue, Catolé do Rocha, Belém do Brejo do Cruz, Jericó, Pedra Lavrada, Algodão de Jandaíra, Barra de Santa Rosa e Pocinhos.

De acordo com a meteorologista Marle Bandeira, da Aesa-PB, as chuvas na faixa leste do Estado ocorrem de abril a julho. Ela explicou que, geralmente o sistema meteorológico atuante na região são as Ondas de Leste (OL). No entanto, as últimas chuvas registradas são decorrentes de aglomerados de nuvens vindas do oceano, que são chamadas de ‘nuvens baixas’, em direção ao continente. “Então tem esse chove e para. Tem um dia com chuva, outro não. A previsão é que continue assim nos próximos dias e está de acordo com o previsto pela Aesa”, comentou.

Seguem os 17 municípios paraibanos que choveu acima do esperado para julho:

João Pessoa = 256,6 mm (esperado 236,6 mm);

Jacaraú = 226,8 mm (sendo esperado 144,5 mm);

Cruz do Espírito Santo = 213,5 mm (esperado 149,1 mm);

Mamaguape = 205,1 mm (181,1 mm);

Serraria = com 177,6 mm (160,9 mm);

Pilar = 144,9 mm (119,2 mm);

Caiçara = 113,7 mm (101,7 mm);

Cuité com 102,8 mm (79,9 mm);

Ingá = 96,1 mm (88,8 mm);

Casserengue = 58,3 mm (46,8 mm);

Catolé do Rocha = 55,8 mm (21,8 mm);

Belém do Brejo do Cruz = 37,7 mm (20,5 mm);

Jericó = 33,9 mm (24,5 mm);

Pedra Lavrada = 30,8 mm (15 mm);

Algodão de Jandaíra = 51,7 mm (41,2 mm );

Barra de Santa Rosa = 51,8 mm (33,4 mm);

Pocinhos = 53,1 mm (47,1 mm).

Da redação/ Com Click PB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48