quarta, 12 de dezembro de 2018
SIGA-NOS

Flamengo sofre, vence o Emelec e está nas oitavas da Libertadores



Publicado em quinta-feira, maio 17, 2018 · Comentar 

O reencontro não poderia ser melhor. Apoiado pela Nação pela primeira vez na Libertadores-2018, o Flamengo deu alguns sustos na torcida, mas derrotou o Emelec por 2 a 0 no Maracanã e garantiu a classificação para as oitavas com uma rodada de antecedência. Os gols da vitória foram de Everton Ribeiro.

Na última rodada, o Rubro-Negro vai a Buenos Aires visitar o River Plate. Uma vitória na Argentina dará ao time de Maurício Barbieri a liderança do Grupo 4. O duelo será no Monumental de Nuñez, no dia 23 de maio, às 21h45.

Após cinco rodadas, o Flamengo tem nove pontos, enquanto o clube argentino soma 11. Santa Fe, quatro pontos, e Emelec, com um, se enfrentam no mesmo horário no Equador. O terceiro lugar da chave irá para a Copa Sul-Americana.

GOLS NÃO SAEM POR POUCO

Apesar do 0 a 0 ter persistido na primeira etapa, não faltaram chances para os dois lados. O Flamengo teve a postura aguerrida que é cobrada pela torcida, mas esbarrou em erros individuais no início do jogo. Mesmo assim, foi Vinicius Júnior o dono da primeira grande oportunidade. Após ganhar na velocidade do defensor, o atacante dividiu com o goleiro Dreer e a bola saiu por cima do gol.

O Emelec respondeu em contra-ataques proporcionados por falhas do Fla. A desatenção na intermediária em alguns momentos por pouco não custou caro. Matamoros e Rojas incomodaram na direita. Faltou qualidade no passe final.

Depois dos sustos, foi chance atrás de chance desperdiçada pelo Flamengo. Duas só com Juan, que só não marcou de cabeça foi Dreer fez um milagre e a bola ainda bateu no travessão. Everton Ribeiro, Paquetá e Dourado também finalizaram com perigo, mas não foram felizes.

APOIO E INSATISFAÇÃO DIRECIONADA

Das arquibancadas veio o combustível do Flamengo. De volta à Libertadores após dois jogos com portões fechado, a torcida empurrou o time desde o aquecimento no gramado. Mas nem todos atletas em campo agradaram, principalmente enquanto o placar estava inalterado. A cada passe de Diego pará trás, muitas reclamações. Apesar disso, o camisa 10 não se omitiu.

Ao ser substituído na etapa final, Diego dividiu o Maraca entre vaias e aplausos.

Por outro lado, Lucas Paquetá, Renê e Cuéllar estão com muita moral. O primeiro, apesar de alguns passes errados, seguiu recebendo os aplausos. O lateral-esquerdo e o colombiano ganharam o apoio na disposição. Os dois tiveram atuações defensivas de destaque, com muitas roubadas de bola.

RIBEIRO “EXPLODE” O MARACA!

Renê ainda foi bem ao ataque. O camisa 6 tabelou com Vinicius Júnior, invadiu a área e cruzou para trás. Diego tentou, mas a bola se ofereceu para Everton Ribeiro, que soltou uma bomba de pé esquerdo para explodir o Maracanã de alegria logo aos dois minutos da etapa final. Alívio e festa dos rubro-negros.

Só que não. Depois do gol, o Flamengo perdeu o controle do jogo. Perdeu chances incríveis. A mais inacreditável foi com Vini Jr. O Ceifador estava com a bola, mas quem a tocou foi o zagueiro do Emelec, o que deixou o camisa 20 em condição legal. Todo mundo parou, mas o árbitro mandou seguir. Com atraso, o garoto partiu para dentro da área, mas chutou mal, nas mão de Dreer.

Depois disso, o jogo tornou-se uma loucura. O time perdeu gol atrás de gol e fez a Nação sofrer com os ataques do Emelec. A experiência de Diego Alves foi decisiva. O camisa 1 fez defesas providenciais e segurou o jogo quando preciso.

Ainda havia tempo para mais emoção. O árbitro deu quatro minutos de acréscimo. No último lance, Everton Ribeiro coroou a sua ótima atuação: fez um golaço de falta: 2 a 0, Fla nas oitavas e festa rubro-negra na arquibancada.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2X0 EMELEC

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data-hora: 16/5/2018, às 21h45

Árbitro: Diego Haro (PER)

Assistentes: Raul Lopez Cruz e Victor Raez (ambos do Peru)

Renda/Público: R$ 2.779.990,00 / 36.754 pagantes / 40.390 presentes

Cartão amarelo: Diego e Lucas Paquetá (FLA); Preciado, Lastra e Mejía (EME)

Cartão vermelho: Não houve.

GOLS: Everton Ribeiro (1-0, 2’/2ºT e 2-0, 48’/2ºT)

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Réver, Juan (Léo Duarte, Intervalo) e Renê; Cuéllar, Diego (Jonas, 42’/2ºT) e Lucas Paquetá; Éverton Ribeiro, Vinicius Junior e Henrique Dourado (Marlos Moreno, 36’/2ºT) T: Maurício Barbieri.

EMELEC: Dreer; Paredes, Jaime, Mejía, Bagüí; Arroyo (Burbano, 44’/2ºT), Lastra; Matamoros (Luna, 7’/2ºT), Rojas (Jefferson Montero, 7’/2ºT), Orejuela y Preciado T: Alfredo Arias

Da Redação 
Com Lance

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48