sexta, 07 de outubro de 2022
SIGA-NOS

Mulheres violadas: Mulher é morta a facadas no sertão e outra ferida por ex-companheiro em Sobrado



Publicado em quarta-feira, agosto 24, 2022 · Comentar 

Os casos de violência contra a mulher tem aumentado a cada dia na Paraíba e só essa semana pelo menos meia dezena de casos já foram registrados.

Nesta terça-feira (23) três casos chamaram a atenção das autoridades policiais que intensificaram as ações para coibir a prática desses crimes.

Em Sobrado, na zona rural do município,  o casal já estava separado há mais de um ano, mas o homem não aceitava o fim do relacionamento. O homem foi atrás da vítima e desferiu dois golpes de faca no pescoço da mulher.

Marilene ficou gravemente ferida e foi socorrida para o hospital da cidade de Sapé, mas devido a gravidade dos ferimentos precisou ser transferida para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

A assessoria de imprensa da unidade informou que a vítima recebeu atendimento médico e foi liberada na madrugada desta quarta-feira (24).

Após tentar matar a ex-companheira, o homem fugiu e foi perseguido por vizinhos. Ele foi detido pela Polícia Militar pouco tempo depois. Durante a fuga, o suspeito acabou se machucando em uma cerca de arame farpado e precisou ser levado para o hospital. Após receber atendimento médico, ele foi preso e levado para a Delegacia de Polícia Civil de Itabaiana.

Em Teixeira, no sertão do estado, uma mulher foi morta após ser esfaqueada por um homem em um bar.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava em um bar bebendo com algumas pessoas quando o suspeito desferiu golpes de faca na mulher.

Lucineide Soares de Araújo, de 47 anos, foi socorrida para o Complexo Regional Hospitalar de Patos, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos e acabou morrendo.

O suspeito foi preso e confessou o crime. Ele contou a polícia que teria esfaqueado a mulher porque ela teria ‘dado em cima dele’ e o chamado para sair. Ele contou que ficou chateado e acabou desferindo os golpes.

O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil e deverá responder pelo crime de feminicídio.

Prisão de acusado em  Araruna 

Um homem confessou, nessa terça-feira (23) em Araruna, no Agreste da Paraíba, que esfaqueou a ex-companheira com cerca de 25 golpes porque a vítima estaria o cobrando melhores condições de pagamento de pensão.

Conforme o delegado Diógenes Fernandes, o homem, que era suspeito de ter esfaqueado a ex-companheira na cidade de Cacimba de Dentro, no dia 26 de julho de 2022, se entregou para a polícia e confessou que tentou matar a mulher por ela ter reclamado do pagamento da pensão que teria sido diminuído após ele alegar problemas financeiros.

Desde o dia 17 de agosto de 2022, policiais realizavam diligências em desfavor do homem que estava escondido no estado do Rio Grande do Norte e, isso, o mesmo acabou negociando com a polícia de se entregar na cidade de Tacima, que faz divisa entre a Paraíba e o RN.

Assim, o suspeito foi preso em Tacima e encaminhado para cadeia pública de Araruna, onde aguada por audiência de custódia.

A vítima, que sofreu vários cortes na região da face e abdomen, foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde passou por procedimentos cirúrgicos e sobreviveu.

Da Redação do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48