segunda, 24 de janeiro de 2022
SIGA-NOS

Adolescente é flagrada jogando recém-nascido na lixeira



Publicado em terça-feira, janeiro 11, 2022 · Comentar 

Uma adolescente do Novo México, nos Estados Unidos, foi pega, por câmeras de segurança, jogando um recém-nascido, em uma lixeira. De acordo com o NY Post,  Alexis Avila, de 18 anos, foi vista estacionando o carro em uma rua deserta da cidade durante a tarde, quando ela retira um saco de lixo preto do carro e o descarta em um contêiner.

Seis horas depois, três pessoas foram vistas vasculhando a lixeira e removendo o saco. Elas se surpreendem quando percebem que se trata de um bebê que está dentro do objeto. Segundo a publicação, uma mulher rapidamente embrulha o recém-nascido e o leva dentro de um caminhão enquanto um homem chama as autoridades.

O homem que encontrou a criança disse à polícia que ele, sua namorada e outro amigo estavam mergulhando na lixeira quando pensaram ter ouvido choro vindo de uma das sacolas. Ele ainda revelou que a criança do sexo masculino ainda estava com o cordão umbilical preso, quando chamou a polícia. Na ocasião, fazia 36 graus.

“Ao chegar, os oficiais prestaram socorro ao recém-nascido e o bebê foi encaminhado para um hospital local. A criança foi posteriormente levada para outro hospital onde recebeu tratamento pediátrico”, informou um comunicado enviado à imprensa local.

O bebê passa bem.

A polícia disse que conseguiu recuperar imagens de vigilância do incidente e depois localizou o veículo da jovem. A corporação, por sua vez, foi até a casa de Alexis e foi recebida por seus pais, que disseram que ela estava dormindo e com fortes dores de estômago. Seu veículo foi apreendido e ela concordou em se encontrar com os policiais na delegacia.

Ela disse à polícia que estava com dor abdominal e até visitou um médico, que lhe deu a notícia de sua gravidez em 6 de janeiro. A adolescente ainda revelou que está sentindo algumas dores de estômago, ela disse que deu à luz inesperadamente no banheiro de sua casa. Em pânico, ela cortou o cordão umbilical, enrolou o bebê em uma toalha e colocou-o no saco de lixo, o qual lacrou com um elástico de cabelo e em seguida, dirigiu até o local onde a criança foi achada. Ela confessou ter jogado o recém-nascido na lixeira.

Sua mãe, Martha Avila, disse à polícia que não tinha conhecimento da gravidez de sua filha. Ela “negou ter conhecimento prévio da gravidez de Alexis e afirmou que só percebeu que havia ganho peso recentemente, mas não pensou que seria por conta de uma gestação”.

Alexis Avila contou ter certeza de que o pai era seu ex-namorado, com quem ela namorou por cerca de um ano e meio antes do relacionamento terminar em agosto. A mãe de Avila disse à polícia que o ex não era mais bem-vindo em sua casa depois que ele supostamente a agrediu em junho.

A jovem foi acusada de tentativa de homicídio e deve ser indiciada pelo Tribunal Distrital do Condado de Lea.

Da redação/ Com G1

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48