terça, 22 de junho de 2021
SIGA-NOS

Paraibano Marcelo Queiroga aceita convite de Bolsonaro e vai ser Ministro da Saúde



Publicado em segunda-feira, março 15, 2021 · Comentar 

O médico e presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Marcelo Queiroga, aceitou nesta segunda-feira (15) o convite de Jair Bolsonaro para ser o novo ministro da Saúde, substituindo Eduardo Pazuello. Mais cedo, a cardiologista Ludhmila Hajjar recusou o convite.

De acordo com a CNN Brasil, Queiroga deve ser oficializado como novo chefe da pasta em edição do Diário Oficial da União desta terça-feira (16). Não há informações sobre a cerimônia de posse.

Ele será o quarto ministro da Saúde do governo Bolsonaro em pouco mais de dois anos e tem a difícil missão de acelerar a vacinação contra Covid-19 no país e evitar o colapso do sistema de saúde das mais variadas regiões brasileiras.

Queiroga se reuniu com Bolsonaro na tarde desta segunda-feira no Palácio do Planalto e recebeu o convite para assumir o ministério. Ele deixou o gabinete presidencial por volta das 18h30.

O presidente da SBC já esteve muito próximo de integrantes do governo Bolsonaro em outro momento e teve seu nome cotado para assumir a pasta antes mesmo de Pazuello.

Mesmo quando o suposto tratamento precoce contra Covid-19 já se mostrava ineficaz, Queiroga defendeu que os médicos tivessem o direito de prescrever o medicamento que considerassem adequado para tratar a doença.

Por outro lado, a Sociedade Brasileira de Cardiologia é signatária de uma carta divulgada nesta segunda-feira (15) que é crítica à atual gestão de Pazuello e defende medidas que não estão alinhadas ao governo, como a importância do distanciamento social, isolamento e uso de máscara.

Da Redação
Com Brasil 247

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48