segunda, 06 de fevereiro de 2023
SIGA-NOS

Brasileiro é acusado de matar a ex e aguardar polícia bebendo cerveja, em Portugal



Publicado em sexta-feira, dezembro 16, 2022 · Comentar 

Lucília Brandão e Leandro Cassimiro Foto: Reprodução/Redes sociais

Um brasileiro de 38 anos foi acusado nesta quarta-feira pelo assassinato da ex-mulher, em Portugal. O Ministério Público (MP) português sustenta que Leandro Cassimiro estrangulou Lucília Brandão, de 53 anos, ligou para a polícia e esperou a chegada dos agentes bebendo cervejas.

De acordo com o MP, o próprio brasileiro ligou para a polícia e confessou o crime durante a chamada, em 12 de março deste ano. Quando os agentes chegaram à casa, Cassimiro já tinha bebido duas cervejas mini. As informações foram publicadas pelo jornal português “Correio da Manhã”.

PRÊMIO 50 MAIS INFLUENTES DE 2022 – VOTE AQUI NA CATEGORIA ARTISTAS

Cassimiro e Lucília foram casados por mais de dez anos. Mas o suspeito decidiu matar a vítima quando soube que ela tinha um novo namorado.

Os investigadores descobriram que Cassimiro queria flagrar o casal e, por este motivo, saiu de casa com duas facas. O brasileiro, no entanto, só encontrou Lucília e tentou render a mulher com um mata leão quando ela estendia roupas no varal.

A vítima resistiu e lutou contra Cassimiro. Ela chegou a tomar a faca da mão do suspeito, mas o agressor reagiu e estrangulou a mulher até a morte.

Lucília deixou três filhos. Cassimiro está em prisão preventiva.

Da Redação 
Com Extra.Globo

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48