domingo, 01 de agosto de 2021
SIGA-NOS

Ángel Romero faz dois, e Paraguai vence Bolívia de virada na Copa América



Publicado em terça-feira, junho 15, 2021 · Comentar 

O Paraguai venceu a Bolívia na noite de hoje (14) por 3 a 1, no estádio Olímpico, em Goiânia, pela primeira rodada da Copa América. Os bolivianos saíram na frente com Saavedra, mas não seguraram a pressão paraguaia após a expulsão de Cuellar. Alejandro “Kaku” Romero e o ex-corintiano Ángel Romero (2) deram a vitória ao Paraguai na segunda etapa.

Com o resultado, o Paraguai se tornou líder do grupo A da competição se aproveitando do empate entre Chile e Argentina hoje mais cedo. O Uruguai completa a chave.

Enquanto os paraguaios folgam na segunda rodada, a Bolívia volta a campo nesta sexta-feira (18), às 18h, para enfrentar o Chile na Arena Pantanal, em Cuiabá.

O melhor: Alejandro “Kaku” Romero

O meia-atacante do Taawon, da Arábia Saudita, fez um jogo de redenção. Ele perdeu gol incrível, dentro da pequena área, na primeira etapa, mas foi fundamental na virada. Marcou o primeiro em chute de fora da área e levantou boa bola para Carlos González no segundo — em que Ángel Romero aproveitou rebote. O ex-jogador do Corinthians também se destacou, dando tranquilidade à sua seleção mostrando oportunismo no segundo tempo, por sinal.

O pior: Cuellar

O jogador do SPAL, da Itália, não vinha fazendo uma partida ruim, mas prejudicou bastante sua equipe ao ser expulso nos acréscimos da primeira etapa após entrada dura, e evitável, em Almirón.

Cronologia do jogo

A Bolívia abriu o placar logo no começo em um pênalti marcado com auxílio do VAR. Flores cruzou para Diego Bejarano bater de primeira, mas Arzamendia bloqueou o chute com o braço. Depois de alguma demora do árbitro brasileiro Wagner Reway, Saavedra cobrou firme no cantinho esquerdo de Antony Silva, que chegou a tocar na bola, e fez 1 a 0 para a Bolívia.

No último minuto da primeira etapa, o jovem Jaume Cuellar foi expulso após entrada dura em Almirón e deixou sua equipe, que já era dominada pelo Paraguai, com um jogador a menos.

Em superioridade numérica, o Paraguai seguiu martelando no segundo tempo até conseguir a virada. Alejandro “Kaku” Romero acertou belo chute de fora e empatou aos 16 minutos. Três minutos depois, o mesmo Kaku levantou para Carlos González cabecear, a bola sobrou no meio da área e Ángel Romero aproveitou para virar: 2 a 1.

Ainda sobrou tempo para o ex-corintiano marcar novamente. Ele disparou pela esquerda e recebeu de Ávalos na ultrapassagem. Já dentro da área, teve frieza para encontrar o cantinho de Antony Silva e marcar o terceiro do Paraguai.

Atuação da Bolívia: Gol cedo e casa fechada

Se a Bolívia já viria a campo para jogar no erro do Paraguai, a situação ficou ainda melhor com o gol de pênalti antes dos dez minutos. Fechada em um 5-4-1, a equipe boliviana obrigou o adversário a rodar bastante a bola e conseguiu travar as ações da equipe. No entanto, a partir do momento em que ficou com um a menos, não conseguiu mais sair da pressão paraguaia e sofreu a virada.

O jogo do Paraguai: domínio e maturidade para virar

Após sofrer um gol muito cedo, o Paraguai teve mais de 80 minutos com o completo domínio das ações do jogo diante de uma Bolívia retraída na defesa e mal saindo no contra-ataque. O árbitro chegou a assinalar um pênalti ainda na primeira etapa, mas a marcação foi anulado pelo VAR por impedimento. Mesmo assim, a equipe não demonstrou nervosismo em campo. Contra o adversário fechado, rodou bastante a bola regido por Almirón e chegou aos gols no segundo tempo, quando a Bolívia tinha um a menos, se aproveitando da boa atuação de Alejandro “Kaku” Romero.

Gustavo Gómez na Copa América 2021 - Heber Gomes/AGIF

Gustavo Gómez, zagueiro do Paraguai e do Palmeiras, durante partida contra a Bolívia pela Copa AméricaImagem: Heber Gomes/AGIF

Bolivianos assistem à estreia por brecha no estádio

Cerca de dez bolivianos conseguiram acompanhar a estreia da seleção de seu país se aproveitando de uma brecha na estrutura do estádio Olímpico. O vão serve para entrada de público e fica localizado na direção do centro do gramado.

FICHA TÉCNICA

PARAGUAI 3 x 1 BOLÍVIA

Competição: Copa Améria – 1ª rodada
Data: 14/06/2021 (segunda-feira)
Horário: 21h (de Brasília)
Local: estádio Olímpico, em Goiânia
Árbitro: Diego Haro (PER)
Assistentes: Jonny Bossio (PER) e Raúl López (PER)
VAR: Wagner Reway (BRA)
Amarelos: Espíndola e Arzamendia; Flores, Diego Bejarano e Cuellar (2)
Vermelhos: Cuellar
Gols: Saavedra, aos 9 do primeiro tempo; Alejandro “Kaku” Romero, aos 16 do segundo tempo, e Ángel Romero (2), aos 19 e aos 35 do segundo tempo.

Paraguai: Antony Silva; Espíndola, Gustavo Gómez, Júnior Alonso e Arzamendia (Martínez); Piris da Motta (Carlos González), Villasanti (Richard Sánchez) e Almirón; Alejandro Romero (Cubas), Ángel Romero e Gabriel Ávalos (Enciso). Técnico: Eduardo Berizzo

Bolívia: Cordano; Diego Bejarano (Villarroel), Quinteros, Sagredo, Jusino e Flores (Roberto Fernandez); Cuellar, Justiniano (Erwin Sánchez), Cespedes e Saavedra (Wayar); Alvarez (Ramallo). Técnico: César Farias.

Da redação/ Com UOL Esporte

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48