domingo, 12 de julho de 2020
SIGA-NOS

Frigoríficos continuam enfrentando surtos de Covid no Brasil e preocupam a China



Publicado em domingo, junho 28, 2020 · Comentar 

Desde o início da pandemia de coronavírus, a contaminação de trabalhadores dentro de frigoríficos está aumentando bastante — no Brasil e em outros países.

Em Rondonópolis (MT), o frigorífico Agra suspendeu as exportações de carne bovina para a China. A unidade ficou fechada por alguns dias, depois que mais de 90 funcionários foram diagnosticados com o novo coronavírus, na semana passada.

A China já havia pedido para que países exportadores — entre eles o Brasil — assinassem declarações comprovando que as indústrias produtoras de alimentos não tinham contaminação entre os trabalhadores.

E, por causa da disseminação da Covid dentro de agroindústrias, a Justiça suspendeu as atividades de uma unidade da JBS em São Miguel do Guaporé (RO). Já em Rio Verde (GO), a unidade da BRF está retomando a produção aos poucos.

Em Três Passos (RS), um funcionário da JBS morreu vítima da Covid. E outro frigorífico da mesma empresa, no município gaúcho de Passo Fundo, foi interditado mais uma vez.

A situação também é crítica fora do Brasil. O maior abatedouro da Alemanha teve que fechar as portas depois que mais de 1.500 funcionários foram infectados pela Covid. O país decretou lockdown na região onde fica o frigorífico.

Outro lado

A JBS disse, em nota, que não comenta processos judiciais em andamento e que está prestando assistência à família do funcionário que morreu esta semana.

A BRF afirmou que, antes de voltar ao trabalho, os funcionários foram avaliados pela equipe médica.

Já o frigorífico Agra preferiu não se manifestar.

Da redação/ G1

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48