terça, 18 de fevereiro de 2020
SIGA-NOS

Caldas Brandão completa 55 anos de emancipação com obras atrasadas e abandonadas pela gestão



Publicado em sexta-feira, janeiro 17, 2020 · Comentar 

Completando, agora em janeiro, 55 anos de emancipação, o município de Caldas Brandão sofre para conquistar melhorias e avançar em matéria de desenvolvimento. A gestão atual, comandada pela prefeita Neuma Rolim, cuja família já domina a administração pública ha mais de uma década, não consegue dar respostas satisfatórias à população, que sofre e reclama da falta de assistência em todas as áreas.

Para se ter uma ideia, uma obra da maior importância, totalmente financiada com recursos federais, encontra-se praticamente abandonda. Trata-se da Unidade Básica de Saúde, na entrada da cidade, que deveria ter sido concluída em janeiro de 2019, conforme anuncia a placa na obra, iniciada em março de 2018, com um custo estimado de R$ 473 mil.

Como se pode ver na fotografia, a obra está longe de ser concluída e o atendimento à população ainda vai demorar muito, pelo andar da carruagem.

E apesar de todo o desastre administrativo, rejeitada pela população, a gestora Neuma Rolim ainda quer continuar controlando a administração de Caldas Brandão, através de um ‘poste’ que deve apresentar como seu candidato a prefeito.

Da Redação 
Com Blog dos Municípios

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48