sexta, 14 de agosto de 2020
SIGA-NOS

Fernanda Montenegro detona Bolsonaro: “Sem cultura não há educação”



Publicado em sábado, dezembro 14, 2019 · Comentar 

Fernanda Montenegro é considerada uma das maiores atrizes do mundo, com grande destaque na TV, teatro e no Cinema, onde já ganhou inúmeros prêmios, incluindo indicação ao Oscar, por seus trabalhos. No entanto, a trajetória da atriz nas artes vem sendo desprezada e políticos de ideologia de esquerda vem atacando o trabalho da veterana e o setor cultural. O fato é que a atriz de 90 anos decidiu não se calar e disparou críticas ao atual governo, de Jair Bolsonaro, que é conhecido por seus discursos de ódio.

Em entrevista para revista ‘Quem’, Fernanda atacou o governo e disse que a nova direção da Ancine (Agência Nacional do Cinema) é “assassina”, por causa de boicotes ao cinema brasileiro. “Se eles pudessem, estaríamos todos num paredão e eles atirando em nós com metralhadoras”, declarou a estrela.

A artista comparou o momento atual do Brasil com o período da ditadura, quando a cultura no país era censurada por estar sob o regime militar entre 1964 e 1985. “Nós somos imorredouros. Nós sobrevivemos uma vez. Desta vez, é uma forma assassina”, disse.

Fernanda também desabafou sobre a violência contra o entretenimento e que religião não justifica tantas agressões. “É difícil. Sem cultura não há educação e sem educação não há cultura. Eu não entendo o que está acontecendo com este país, com tantos xingamentos. Não há explicação. É uma nova moralidade que condena qualquer estrutura contrária ao seu Deus”, concluiu.

Da Redação 
Com Notícias ao Minuto

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48