sexta, 13 de dezembro de 2019
SIGA-NOS

Prefeito de Sobrado escracha mídia e coloca O Farol, Expresso PB, JKR Notícias, Portal Umari e o Sem Censura sob suspeita de extorsão



Publicado em quarta-feira, novembro 13, 2019 · Comentar 

O prefeito da cidade de Sobrado, George Coelho (PSB), disse durante uma entrevista a uma emissora de rádio no final de semana que um comunicador da cidade de Mari tentou extorqui-lo com condição pra não estar falando mal de sua gestão.

Sem citar nomes, George teria dito na mesma entrevista que  o autor da extorsão seria  comunicador que também é dono de um portal de notícia de Mari, o que coloca todos os comunicadores sob suspeição.

A cidade de Mari abriga uma série de comunicadores que atuam no rádio e na internet, a exemplo dos dirigentes dos portais  O Farol  (Professor Josa, apresenta um programa na Rádio Capim FM), Expresso PB (Marcos Sales, apresenta um programa na Rádio Araçá FM), JKR Notícias (Jackson Silva, apresenta um programa na Rádio Araçá FM), Portal Umari (Carlos Alcides, apresenta um Programa na Rádio Rural de Guarabira) e o próprio Sem Censura (Marcos Silva e Silvano Silva,apresentam um Programa na Rádio Rural de Guarabira), estes autores da matéria em questão. Pelo que consta nenhum dos dirigentes desses portais respondem processos pelo crime de extorsão, tão pouco são acusados em nenhum instancia jurídica ou policial de terem cometido tais atos.

A matéria que registra a fala do prefeito George, ainda trata o suposto ‘extorquidor’, com o rótulo de “Gato Preto”, como forma de atrelar o nome a possíveis derrotas políticas que este teria colecionado com nomes apoiados por ele na região, o que embaralha ainda mais o meio de campo.

Simpatia política dos comunicadores – Com base nessa fala, o ExpressoPB.net fez um rápido resgate da simpatia política em 2016 na região dos comunicadores de Mari,  que estão sob suspeição, a partir da fala do prefeito de Sobrado, que também é Presidente da FAMUP (Federação dos Municípios da Paraíba).

O Professor Josa, d’ O Farol transpareceu simpatia política em Sobrado pelo próprio George (vencedor), em Riachão do Poço foi simpático a reeleição de Zé Constâncio (perdeu), em Sapé foi simpático a candidaturas adversárias e contra a reeleição Roberto Feliciano (vencedor) e em Mari foi eleitor, inclusive foi assessor, do então prefeito Marcos Martins que perdeu a eleição.

O comunicador Marcos Sales em Sobrado foi simpático a candidatura de Márcia Valéria (perdeu) em Riachão do Poço foi simpático a candidatura da atual prefeita Cilinha (ganhou), em Sapé foi simpático a reeleição do prefeito Roberto Feliciano (ganhou) e em Mari foi eleitor de Antonio Gomes que venceu de Marcos Martins.

O comunicador Jackson Silva, do JKR,  foi o único que não expôs simpatia por nenhum candidato em Mari e nem na região.

O comunicador Carlos Alcides, foi apoiador da reeleição do prefeito Marcos Martins (perdeu) e não deixou claro qualquer outra simpatia a candidaturas na região.

Os comunicadores Marcos Silva e Silvano Silva foram ardorosos defensores da reeleição do então prefeito de Mari, Marcos Martins, que perdeu a eleição para Antonio Gomes. Eles na região não explicitaram tendencia de simpatia a qualquer candidatura no pleito passado.

George e a mídia – O prefeito de Sobrado, ao jogar palavras ao vento sem citar os nomes de quem o teria tentado extorqui-lo, nada mais fez do que colocar todos na mesma condição, atitude irresponsável para quem se diz agente público, manchando a imagem de todos os mariense que atuam na mídia na região.

Apesar das declarações que não cita quem é, ou quem são e em que condições ocorreram a/s tentativa/s de extorsão de George, nenhum dos comunicadores que detêm a direção de blogs e sites em Mari se pronunciaram sobre o assunto até o início da noite desta quarta-feira (13).

O ExpressoPB.net se coloca a disposição de todos os citados na matéria para, caso tenham interesse colocarem seus pontos de vista. Ao tempo em que coloca o espaço a disposição do prefeito George Coelho para que ele possa dar nome ao suposto criminoso apresentando provas da possível extorsão, sob pena de estar simplesmente falaciando na  tentativa de calar a imprensa livre.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48