sábado, 23 de junho de 2018
SIGA-NOS

Investigado, Temer tem encontro fora da agenda com Cármen Lúcia, presidenta do Supremo



Publicado em sábado, março 10, 2018 · Comentar 

Denunciado como corrupto e chefe de organização criminosa, além de investigado por propinas nos portos, Michel Temer se reuniu neste sábado, fora da agenda, com a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, que tem sido muito criticada por não pautar o caso do ex-presidente Lula.

Estudado em mais de 30 universidades, o golpe de 2016, contra a presidente honesta Dilma Rousseff, foi definido pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder de Temer, como um golpe “com Supremo, com tudo”.

Leia mais:

Temer e Cármen Lúcia discutem segurança pública e intervenção no Rio

Paulo Victor Chagas – Repórter da Agência Brasil

O presidente Michel Temer fez uma visita neste sábado (10) à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia. Durante o encontro, eles conversaram sobre segurança pública e a intervenção federal decretada no estado do Rio de Janeiro há algumas semanas.

O encontro ocorreu no início da tarde de hoje na residência da presidente do STF e não constava na agenda oficial do presidente. Ao sair da casa de Cármen Lúcia, Temer disse que ela se comprometeu em colaborar nos assuntos de segurança, tanto no Rio como em outros estados. A situação dos presídios brasileiros também foi discutida entre os dois, segundo a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto.

Após a reunião, o presidente recebeu no Palácio do Jaburu os ministros da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, e da Fazenda, Henrique Meirelles. A pauta do encontro, no entanto, ainda não foi divulgada.

Da Redação 
Com Brasil 247

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48