quarta, 15 de agosto de 2018
SIGA-NOS

DENÚNCIA: Lucas Santino teria vendido a renúncia depois de receber a cota financeiro do PMDB



Publicado em domingo, setembro 11, 2016 · Comentar 

eneida-lucasUm agrave denúncia foi feita ao PMDB estadual neste sábado por integrantes do PMDB de Cabedelo a executiva estadual do partido. O candidato a prefeito Lucas Santino do PMDB teria feito uma manobra para negociar sua renúncia. Segundo os denunciantes, o vereador Lucas teria aguardado o deposito da verba da cota partidária na conta do partido em Cabedelo e só depois anunciado sua renúncia para apoiar outra candidatura. A denúncia chegou ao senador JoséMaranhão, presidente estadual do partido, neste sábado.

Ao senador também teria chegado a informação de que o vereador Lucas Santino teria negociado a retirada de sua candidatura em troca de uma secretaria no futuro governo de Eneida e uma quantia em dinheiro. O líder do PMDB, Dedo, também teria participado da negociação.

A RENUNCIA

O vereador Lucas Santino, candidato do PMDB à Prefeitura de Cabedelo, vai renunciar à disputa para apoiar a candidata do PDT, Eneide Régis, esposa do ex-prefeito José Régis. Foi o que revelou Victor Dantas, filho do vereador Moacir Dantas (PP), que disputa a reeleição pela coligação do peemedebista.

De acordo com Dantas, a negociação entre Lucas e Eneide foi fechada na manhã da última quinta-feira (8) na residência da família Régis. “Lucas chegou por volta das 8h e se reuniram por umas duras horas. Tínhamos esperança que durante a nossa campanha os números da candidatura de Lucas melhorassem, mas isso não aconteceu. O que nos restou foi unir com dona Eneide, que também não estava satisfeita com seus números. O melhor a fazer era tentar unir forças contra (o atual prefeito) Leto (Viana) e (o vereador Fernando) Sobrinho”, revelou.

Nos bastidores da política de Cabedelo, as especulações dão conta de que Lucas Santino tentou por várias vezes uma aliança em troca de cargos e secretarias, mas nem Leto Viana nem Fernando Sobrinho aceitaram a proposta.

A renúncia de Lucas vem sendo comparada a do ex-prefeito Luceninha, que foi eleito em 2012 com mais de 78% dos votos de Cabedelo, e ano seguinte renunciou ao cargo, deixando a prefeitura nas mãos do então vice-prefeito Leto.

“Na época, Leto era filiado ao PMDB e Lucas, presidente da Câmara, ao PHS. Muitos rumores alegam que essa negociata foi patrocinada por Roberto Santiago (dono do Shopping Manaíra) e que teria custado alguns milhões de reais”, disse um vereador de Cabedelo.

Da Redação
Com Paraíba Ja via Polêmica Paraíba

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48