Candidato a Prefeito do Município de Mari/PB é vítima de injúria racial e fato gera revolta nas redes sociais


Antonio_GomesUm caso de injuria racial na cidade de Mari, Zona da Mata da Paraíba, contra um candidato negro, tem ganhado repercussão e gerado forte comoção e tristeza provocando solidariedade nas redes sociais.

Antonio Gomes da Silva, já foi prefeito da cidade e concorre a eleição deste ano pelo PSD, o fato de ser de negro nunca lhe envergonhou, pelo contrário é motivo de orgulho, tanto que em 1982 quando disputou a 1ª eleição para vereador em Mari era chamado de Juruna, por parecer com o índio deputado da época. Eis que nesta quarta-feira (31) aconteceu um explicito ato de preconceito contra Antonio vindo de uma possível eleitora adversária ao comentar uma postagem no facebook, taxando-o de macaco.

A injuria racial causou um clima de muita tristeza na população, entre os eleitores de Antonio Gomes e a opinião pública que repudiaram a atitude da moça.

Na mesma rede social onde foi exposta a ofensa, logo surgiram sucessivas notas de solidariedade e as hastags #SomostodosAG,  #DigaNãoAoRacismo, #ForçasseuAntônio e #Somostodosmacacos ganharam forte repercussão, sempre seguidas de frases e palavras de apoio e solidariedade.

Na manhã de hoje (01) o candidato Antônio Gomes postou um vídeo em seu perfil no facebook onde abordou o assunto. No vídeo Antônio Lamenta a atitude da jovem e acredita que tal comportamento é fruto da má qualidade da educação oferecida atualmente pelo poder público e por isso perdoa a mesma.

O caso de Antonio Gomes é apenas mais um para entrar nas estatísticas dos casos de injúria racial na web. Recentemente, personalidades famosas também sofreram ataques racistas na internet, a exemplo da jornalista Maria Júlia Coutinho, as atrizes Taís Araújo, Sheron Menezzes e Cris Vianna e a cantora Negra Li.

Da Redação 
Com Assessoria

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *