sexta, 19 de outubro de 2018
SIGA-NOS

Venda irregular de lenha para fogueira junina pode gerar multa de até R$ 50 mil



Publicado em sexta-feira, junho 17, 2016 · Comentar 

fogueiraOs comerciantes de lenha para a confecção das fogueiras no período junino que não possuem a autorização da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) para a comercialização poderão ser notificados e responder criminalmente, além de pagar multa, que pode variar entre R$ 5 mil e R$ 50 mil, e ter a madeira apreendida. O prazo para o cadastramento está acabando e a autorização é válida até o fim do mês de Junho.

O coordenador da Coordenadoria da Divisão de Floresta da Sudema, Humberto Gomes, esclareceu que  os interessados devem apresentar  documentos específicos para a realização do cadastro. “Os interessados na comercialização das fogueiras devem procurar a autarquia com os seguintes documentos: requerimento de atividade florestal, documentos pessoais como RG, CPF e comprovante de residência, além da declaração de origem da lenha”, ressaltou.

Ainda de acordo com Humberto para o consumidor estar amparado na hora da compra da lenha, basta solicitar ao vendedor a autorização de venda da Sudema. Em caso de qualquer irregularidade, o consumidor deve procurar a Superintendência, o Batalhão Ambiental ou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Fiscalização – Durante todo o mês de junho  a equipe de fiscalização da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) trabalha contra a venda ilegal de lenha para fogueiras. As ações acontecem todos os dias da semana, em pontos estratégicos de venda de lenha na Capital e no interior do estado.

Os fiscais verificam se o comerciante tem autorização da Sudema para a venda da lenha e analisam também a sua espécie, se ela foi extraída de árvores frutíferas, exóticas ou nativas. Caso a lenha seja de árvore nativa, o comerciante é autuado em flagrante e a lenha apreendida.
Qualquer denúncia sobre venda ilegal da lenha pode ser realizada através dos telefones: 3218-5591/8839-1909 (Sudema), 3218-7222 ou 3218-7246 (Batalhão Ambiental) .

São João Consciente – A Sudema orienta que as fogueiras não sejam feitas sobre o asfalto, embaixo de árvores e da rede elétrica, como também deve ser respeitada a distância mínima de 200 metros de escolas, hospitais e parques. Outra orientação para brincar o São João de forma consciente é para que os moradores se organizem e façam apenas uma fogueira por rua, minimizando assim a emissão de poluentes.

Da Redação
ClickPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48