Vocalista deixa o Mastruz com Leite após ser abusada por colega de banda

Publicado em sábado, setembro 9, 2023 · Comentar 


Larissa Ferreira revelou que está com crise de pânico e disse que era insustentável continuar no grupo musical

A cantora Larissa Ferreira anunciou que deixou o Mastruz com Leite. A saída da artista do conjunto musical acontece um ano e meio depois que ela relatou ter sido abusada por um colega de banda. Nas redes sociais, Larissa revelou que está com crise de pânico e disse que era insustentável continuar com o trabalho no grupo.

“Estou me despedindo, na verdade, nem consegui me despedir pelo estado mental em que eu me encontro. Não sei como tive forças para aguentar o São João, mas eu preferi vestir a camisa da banda, me apegar com Deus e me entupir de remédios para voz e para depressão. Quase não conseguia mais desinchar e muitos me massacrando até pelo meu corpo, sendo que eu estava poupando todos e acabando comigo. Sempre pensei no outro e não em mim. Vou seguindo, meu coração é gratidão aos fãs e a Deus pela força de ainda ter aguentado quando não podia mais. Companheiros que realmente queriam o meu bem de alguma forma, gratidão”, disse ela.

Larissa falou que não conseguia mais continuar no Mastruz com Leite. “Encerrei minhas atividades na banda por livre e espontânea incapacidade. Tive que escolher entre viver ou ficar e acabar com minha reputação, minha família e a minha vida. Sim, chegou nesse ponto. Porém, nunca quis passar isso para vocês e mais eu era julgada pelas fraquezas. Tive ajudas, mas não as certas. Já me vejo com o tipo de ajuda certa, e logo estarei bem. Não tenho cabeça projetos futuros ainda, mas estarei aberta a eles”, contou.

A cantora pediu aos amigos que sejam compreensivos com ela durante esse período, pois não está em condições de conversar ou dar maiores explicações sobre o que está vivendo. Ela disse que lida com crises de pânico. Por isso, procurou um psicanalista e iniciou um tratamento feito por meio de hipnose.

“Tô em crise de pânico, não consigo falar com ninguém, tenho medo de atender um telefonema. Então, me respeitem e não desistam de mim. Tenho a melhor base, a melhor família, os melhores pais, vou me reerguer. Orem por mim, estou orando por vocês”, concluiu Larissa Ferreira.

O assédio

Em janeiro do ano passado, Larissa Ferreira disse ter sido abusada por um colega enquanto dormia em casa. A artista revelou que o crime aconteceu dentro do quarto dela.

Segundo a cantora, ela dormia com o marido ao lado quando o suspeito teria se aproximado dela na madrugada. O homem teria passado a mão em Larissa e a beijado. Sonolenta, ela relata que deu um tapa nele para afastá-lo.

“Só sei que eu agi na hora, eu me mexi, mas não abri o olho em nenhum momento porque eu sabia que se eu fizesse alarme o Jean ia matar esse homem aqui dentro de casa. Depois que ele saiu, eu me levantei, fiquei calada e eu tava só pensando se eu ia dizer isso pro Jean, se ele ia entender, o que ia acontecer, se ia atrás tirar satisfação”, relatou, emocionada, em um vídeo nas redes sociais.

O agressor então saiu do quarto, e a vocalista abraçou o marido, assustada, e não conseguiu dormir mais.

A vítima disse que os três haviam bebido muito horas antes e depois foram dormir. O colega de banda, que não teve o nome revelado, decidiu ficar no quarto do casal. Ela estranhou a atitude, mas não imaginou que poderia acontecer algo. Havia outro quarto reservado para o homem.

“Só sei que fiquei com uma crise grande de ansiedade, passei a semana todinha vomitando e, chegando o dia de viajar com a banda, e eu não tava tendo coragem. Eu aguentei, fiquei à base de remédio controlado e, tipo assim, ninguém esperava isso porque ele é uma pessoa calma, calada, mas eu tô falando isso aqui para vocês terem cuidado com quem vocês colocam dentro da casa de vocês”, alerta a cantora.

 

Redação/R7

Comentários