sexta, 07 de outubro de 2022
SIGA-NOS

Cadeirante investigado por baixar mais de 1,2 mil arquivos de conteúdo de pedofilia é morto a tiros na PB



Publicado em sexta-feira, agosto 19, 2022 · Comentar 

Um cadeirante foi morto na tarde desta quinta-feira (18), no bairro de Pedregal, em Campina Grande, agreste da Paraíba. A vítima foi identificada como Robson Ferreira dos Santos, 35 anos. Ele foi alvo de uma investigação de combate à pornografia infantil em 10 de agosto.

De acordo com as informações da Polícia Civil, os suspeitos chegaram nas proximidades da residência da vítima, sacaram armas de fogo e efetuaram diversos disparos. A maioria dos tiros atingiu a cabeça da vítima, que morreu no local.

De acordo com a polícia, o crime tem características de execução. Os suspeitos fugiram após o crime.

Operação da polícia 

No inicio do mês, Robson Ferreira dos Santos foi alvo de uma operação policial  sob suspeita de baixar conteúdo de pornografia infantil. A Polícia investiga se o suspeito compartilhava o material.

O suspeito foi localizado através de investigações com um novo sistema de inteligência entre a Justiça e a polícia.

“A delegacia trabalha em parceria com Ministério da Justiça. Nós recebemos relatórios de transmissão e de compartilhamento de arquivos de pornografia infantil pela internet, ou seja, são cenas de sexo e nudez envolvendo crianças e adolescentes. Geralmente isso acontece pela chamada dark web, que é aquela zona mais obscura da internet, que as pessoas comuns não têm acesso”, explicou o delegado.

Da Redação do ExpressoPB
Com informações do Clickpb

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48