terça, 27 de setembro de 2022
SIGA-NOS

Michelle Bolsonaro ‘lamenta’ morte de Daniella Perez num post de Glória, e depois almoça com o assassino da atriz; web se revolta: “Deixa de fingimento”



Publicado em sábado, agosto 13, 2022 · Comentar 

Gloria Perez publicou, nesta quinta-feira (11), uma homenagem emocionante para a filha, Daniella, que completaria 52 anos, e celebrou, também, o impacto da série “Pacto Brutal” para preservar a memória da atriz. No entanto, a caixa de comentários da postagem se transformou em uma guerra política por conta de Michelle Bolsonaro, a primeira-dama do país.

Michelle comentou a publicação com emojis de choro e coração, mas muitos internautas acusaram a primeira-dama de ser hipócrita. O motivo? Ela e Jair Bolsonaro, que participará da sabatina do “Jornal Nacional”, marcaram presença recentemente na Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, a mesma em que Guilherme de Pádua, assassino de Daniella, se consagrou pastor há cerca de 5 anos.  Michelle e Bolsonaro também participaram de um almoço na companhia do assassino de Daniella Perez e da mulher dele, Juliana Lacerda.

O culto na Igreja Batista da Lagoinha, que contou com a participação do casal Bolsonaro, começou às 10h e, após o término, teve início um reunião e um almoço particular apenas para seletos convidados. Entre esses convidados estavam Guilherme e Juliana. A maquiadora, inclusive, chegou a tirar uma selfie com a primeira-dama. A coluna recebeu o registro com exclusividade.

Nos comentários da publicação de Gloria, o público se dividiu quanto à atitude de Michelle Bolsonaro. “O assassino é apoiador do teu marido, mulher, deixa de fingimento”, disse uma seguidora. “Esse emoji de choro é por quem? Por Guilherme, o ‘pastorpata’, ter sido autor dessa desgraça ou por você ter ido à igreja dele e agora tá arrependida?”, provocou outra pessoa. “A senhora e o senhor seu marido não foram na igreja do pastor psicopata?”, questionou mais uma internautas.

Houve, também, quem defendesse a atitude de Jair e Michelle em ir à igreja em que Guilherme se firmou pastor. “E daí? O Presidente da República vai em todas as igrejas evangélicas e católicas, que os convidam para visitar e ouvir a palavra de Deus”, argumentou uma apoiadora. “Responsabilidade de esse cara estar lá como pastor é dos líderes da igreja e não da primeira dama ou do presidente que estavam ali como convidados”, disse outro internauta.

Vale mencionar que Gloria segue Jair, Michelle e Carlos Bolsonaro, vereador (PSC-RJ) e filho do presidente, no Instagram.

Da Redação do ExpressoPB
Com Blog do Gutemberg Cardoso 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48