sexta, 07 de outubro de 2022
SIGA-NOS

SURREAL: Jogador revela quase ter morrido após flagrar sexo oral de noiva em companheiro de equipe



Publicado em quarta-feira, agosto 10, 2022 · Comentar 

O jogador de rúgbi, Michael Lichaa, quase morreu depois de flagrar sua ex-noiva Kara Childerhouse fazendo sexo oral em seu companheiro de time, Adam Elliott. Revoltado com a traição, o australiano socou uma janela de vidro e perdeu mais de dois litros de sangue. As informações foram publicadas pelo New York Post.

O atleta defendia o Canterbury-Bankstown Bulldogs e foi absolvido na última sexta de acusações de violência doméstica após Kara Childerhouse se recusar a comparecer ao tribunal e testemunhar contra ele. Michael contou o ocorrido em depoimento.

O jogador estava alcoolizado e, antes de socar a janela, gritou e ameaçou os dois, o que levou os vizinhos chamarem a polícia. Kara acusou Michael Lichaa de agredi-la, e o jogador acabou preso. Antes disso, teve de ser levado ao hospital e passou por cirurgia por conta dos ferimentos.

“Não conseguia tirar da cabeça a imagem da minha noiva fazendo sexo oral no meu melhor amigo. Só quero deixar tudo para trás agora e seguir em frente com minha vida e ter dias felizes pela frente”, disse o atleta em entrevista após a absolvição.

Em depoimento, Adam Elliott afirmou que estava bebendo por mais de 12 horas no dia do ocorrido e negou que Lichaa tenha agredido à ex-noiva, que não compareceu ao tribunal mesmo sob intimação. A polícia não não conseguiu localizá-la.

O tribunal ouviu que ela não queria mais participar do processo por estar grávida e preocupada com o estresse de reviver o incidente. Todos os testemunhos que ela havia dado até aquele momento foram invalidados.

Da Redação do ExpressoPB
Com ODIA

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48