sexta, 19 de agosto de 2022
SIGA-NOS

Jogador paraibano esfaqueado por dirigente de clube após cobrar salário atrasado conta como tudo ocorreu; veja



Publicado em sábado, julho 16, 2022 · Comentar 

O paraibano João Guilherme Clemente da Silva, o ‘Cabelinho’, jogador do FF Sport, disse que foi esfaqueado pelo dirigente de futebol Anderson Salgueiro após cobrar o salário atrasado. O crime aconteceu o dia 30 de julho, antes de um treino do clube, em Alagoas.

Ele contou que o acordo era que o clube o pagasse um salário de R$ 1 mil. Após o primeiro mês, ele teria recebido apenas metade do pagamento, ou seja, R$ 500.

Antes de ser esfaqueado, ele se envolveu em uma discussão com o dirigente, que o impediu de treinar. Por isso, ele teria cobrado o restante do salário. Após a cobrança, Anderson teria esfaqueado João Guilherme.

“Quando ele me proibiu de ir treinar, eu desci do ônibus e cobrei meu salário. Quando eu falei assim ‘então pague meu salário porque você fez trato com um homem não com uma criança’, ele saiu correndo, pegou a faca e veio por trás de mim. O pessoal mandou eu correr, porém eu caí quando corri, aí ele me deu os golpes de faca”, relatou.

Os R$ 500 que faltavam do primeiro salário e o segundo pagamento no valor de R$ 1.000 foram feitos pelo clube após o crime, de acordo com informações dadas pelo jogador.

Segundo os relatos das testemunhas à polícia, a briga começou porque o jogador teria desobedecido a ordem do dirigente para que os atletas não deixassem a pousada na noite anterior ao crime, já que deveriam estar concentrados para treinar na manhã seguinte.

“A ordem foi ignorada pelo João Guilherme [Cabelinho], que foi para um show. De manhã, Anderson mandou João Guilherme [Cabelinho] descer do ônibus que iria para o treinamento. Após essa ordem, o atleta ficou com ironia e o dirigente perdeu a cabeça e partiu para agressão”, explicou o chefe de operações do 23º Distrito Policial de Pilar, Wilson Vasconcelos.

Da Redação do ExpressoPB
Com Polêmica Paraíba

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48