terça, 29 de novembro de 2022
SIGA-NOS

Tragédia de Santa Rita: Comerciante deixou carta relatando traição antes de matar esposa e amigo



Publicado em quarta-feira, maio 4, 2022 · Comentar 

O homem que matou a tiros a esposa e o amigo, antes de tirar a própria vida, deixou uma carta esclarecendo a motivação dos assassinatos acontecidos na manhã desta terça-feira (3), em Santa Rita, na Grande João Pessoa.

Na carta, Antônio Alexandre do Nascimento, de 58 anos, relata que suspeita que a esposa, Maria José dos Santos Nascimento, de 57 anos, e o amigo Jordânio Lourenço de Sousa, de 57 anos, estavam tendo um caso e que desejava que seu dinheiro fosse destinado a educação dos netos.

O irmão de Antônio disse que ela havia parado de beber e estava tomando uma medicação para tratar um transtorno depressivo que havia começado a apresentar após o período da pandemia.

O familiar também relatou que o irmão tinha o costume de toda segunda-feira ir para o sítio da família, mas nessa última (2), agiu diferente indo visitar todos os irmãos e sua mãe.

Antônio e Jordânio e Maria eram amigos de longa data, os dois chegaram inclusive servir a obrigação militar juntos.

Segundo o delegado Aldroville Grisi, o amigo foi assinado com três tiros em seu estabelecimento, que fica perto da casa para onde o homem retornou e matou sua esposa com dois tiros e em seguida atirou contra a própria cabeça.

Amigos e vizinhos disseram que a suspeita de traição não tem fundamentos e lamentam a tragédia acometida às famílias envolvidas.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Polícia Científica da capital e o caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Da Redação 
Com Notícia Paraíba

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48