sábado, 03 de dezembro de 2022
SIGA-NOS

Ex-Prefeito de Mari, Marcos Martins, tenta adiar, mas TCE mantém sessão e reprova por unanimidade as contas de 2016



Publicado em quarta-feira, abril 20, 2022 · Comentar 

O Pleno do Tribunal de Conta do Estado, reprovou, à unanimidade, as contas da prefeitura municipal de Mari, relativas ao exercício de 2016 (proc. nº 06814/17), sob a relatoria do conselheiro Antônio Gomes Vieira Filho.

A sessão que reprovou as contas de MM ocorreu na manhã desta quarta-feira (20).

A reprovação das contas de Martins se deu por diversas irregularidades apontadas pela Auditoria do TCE, destacando-se despesas não comprovadas e falta de recolhimento de obrigações previdenciárias. Ao ex-prefeito Marcos Aurélio Martins de Paiva foi imputado um débito de R$ 499 mil, mais muita de R$ 10 mil.

O ex-prefeito participou da sessão pessoalmente e pediu o adiamento do julgamento alegando que teria sofrido um assalto e que os documentos para dar juntada a sua defesa teriam sidos levados durante o referido assalto.

O Presidente do TCE, Fernando Catão, não acolheu os argumentos do ex-prefeito e determinou o prosseguimento da sessão que reprovou as contas de MM.

Apesar da decisão, ainda cabe recurso.

Da Redação
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48