terça, 29 de novembro de 2022
SIGA-NOS

Menina morta pela mãe sofreu politraumatismo, diz atestado de óbito



Publicado em segunda-feira, abril 18, 2022 · Comentar 

O atestado de óbito de Luna Nathielli Bonett Gonçalves, de 11 anos, aponta que a criança foi vítima de politraumatismo. A vítima foi morta na quinta-feira (14) e apresentava sinais de violência pelo corpo. De acordo com a polícia, a mãe da criança confessou que matou a menina com socos e chutes como forma de represália. Ela não aceitava que a filha havia se tornado “sexualmente ativa”. As informações são do G1.

Ainda conforme a Polícia Civil, a mulher e o padrasto da criança foram presos preventivamente no sábado (16). Os agentes agora investigam se a menina doi vítima de crime contra a dignidade sexual e qual foi a participação do padrasto no crime. O homem ficou em silêncio durante o depoimento.

Segundo a polícia, os resultados dos laudos médicos e técnicos não batiam com a primeira versão apresentada pelo casal sobre a morte da criança. No primeiro depoimentos, eles afirmaram que a menina caiu de uma escada após tentar resgatar um gato. Durante a noite, a menina teria passado mal e foi levada para o hospital.

No entanto, o laudo da necropsia apontou que os ferimentos no corpo da criança eram incompatíveis com uma queda de escada. Ela tinha diversas lesões internas no crânio, baço, pulmão, intestino e uma laceração na vagina. O rosto da menina também tinha ferimentos.

Os investigadores também encontraram marcas de sangue nas proximidades do quarto da criança, sofá, em uma toalha, fronha e em uma calça masculina.

Da redação/ Com ISTO É

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48