domingo, 17 de outubro de 2021
SIGA-NOS

Polícia identifica suspeito de assassinar mulher grávida em Guarabira e pede prisão de acusado



Publicado em terça-feira, outubro 5, 2021 · Comentar 

A Polícia Civil da Paraíba, através do delegado Wagner Dorta, da Delegacia de Homicídios da Regional de Guarabira, pediu a prisão do homem suspeito de assassinar uma mulher grávida de 5 meses, identificada por Luciana Elias da Silva, de 32 anos, com 5 disparos de arma de fogo na madrugada de domingo para a segunda-feira (4), na cidade de Guarabira.

Leia também: Em Guarabira, mulher é assassinada a tiros no meio da rua, após discussão em bar

De acordo Wagner, o suspeito do crime é o traficante Julieverton Ferreira da Silva, vulgo Vetinho, morador da cidade de Alagoinha. O delegado informou que em 2017 o criminoso foi preso acusado por tráfico de drogas ao ser flagrado com 120 kg de maconha.

Em entrevista concedia à Rádio Cultura FM, na manhã desta terça-feira (5), o delegado revelou que Vetinho estava bebendo e consumindo droga num bar em Guarabira, quando a vítima estava em companhia de amigas noutra mesa e o elemento teria agredido uma amiga de Luciana com puxão de cabelo, e a mulher saiu em sua defesa.

Luciana teria saído com as amigas para comprar bebida num posto de combustíveis e na volta, nas imediações da Riauto, foi interceptada por Vetinho, que estava numa motocicleta, e desferiu impiedosamente 5 tiros contra a vítima, que não teve chances de defesa. Luciana era mãe de uma menina de 9 anos e estava grávida.

Julieverton Ferreira foi indiciado por homicídio qualificado e provocação de aborto com penas que podem chegar a 40 anos de cadeia com o agravante de que o crime foi praticado contra mulher grávida.

Segundo o delegado, foi feita uma busca na residência do suspeito, mas ele está foragido. No local a polícia encontro substância entorpecente, uma pedra de crack pronta para o consumo.

Que souber de informação que ao suspeito do crime pode ligar para a Polícia Civil através do 197 ou Polícia Militar no fone 190, que a identidade será mantida em sigilo.

Da Redação 
Com Portal 25 Horas 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48