quinta, 24 de junho de 2021
SIGA-NOS

Em Mari, secretária rechaça acusação de “fura fila” na vacina e enquadra denunciante: “sugiro procurar o MP”



Publicado em quarta-feira, junho 9, 2021 · Comentar 

A Secretária de Saúde do município de Mari, Dra. Emanuelle Chaves, durante entrevista a Rádio Araçá FM na manhã desta terça-feira (08) rechaçou a participação de um ouvinte que acusou o município de furar a fila para privilegiar os professores da Escola CEI+. “Eu até sugiro, já que você, João Marcos, diz que a gente agiu na ilegalidade, faça a denuncia ao Ministério Público, pode fazer, porque nem eu, nem minha equipe não estamos aqui para trabalhar com obscuridade, pelo contrário, tudo nosso é muito transparente…”, disse.

O ouvinte questionou o fato dos professores da Escola CEI+ terem recebido vacinação na segunda-feira (07) de forma antecipada quando os profissionais de educação vão ser vacinados na quinta e sexta-feira desta semana e acusou a secretária de privilegiar os referidos profissionais.

A secretária explicou que a sobra de doses de vacinas devem ser aplicadas de forma imediata sob pena de extraviar, pois depois de abertos os frascos existe um tempo para a aplicação do líquido e os profissionais optaram por aplicar nos profissionais da referida unidade de ensino já que estavam na fila para receber ao invés de deixar extraviar as vacinas.

Emanuelle Chaves disse que todos os protocolos adotados pela secretaria são orientações do Ministério da Saúde e portanto não tem receio nenhum de assumir a responsabilidade pelas medidas que são tomadas na sua pasta.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48