quinta, 25 de fevereiro de 2021
SIGA-NOS

Autores do assassinato de gari em Guarabira ainda não foram presos



Publicado em domingo, dezembro 13, 2020 · Comentar 

A morte do gari Luis Pereira dos Santos, de 44 anos, conhecido por Neguinho, assassinado com disparos de arma de fogo à queima-roupa na manhã deste sábado (12), na feira livre de Guarabira, ainda está sem uma resposta elucidativa por parte da Polícia Civil, responsável pelas investigações.

 

Um vídeo flagrou o exato momento em que Neguinho foi executado pelas costas, na calçada da Redepharma.

As imagens mostram uma dupla numa motocicleta, quando um homem vestindo blusa vermelha desce da moto, se aproxima de dois homens que estavam conversando na calçada, saca a arma e efetua os disparos, sem oferecer chances de defesa à vítima.

As imagens estão sendo usadas pelos investigadores para tentar identificar, localizar e prender a dupla. Até o presente momento a polícia não conseguiu chegar até os acusados do homicídio.

A Polícia Civil está atuando em duas linhas de investigação. A primeira é que a morte teria sido motivada por vingança, em razão de um irmão de Neguinho ter matado um idoso a golpes de faca no mercado público, há dois meses. Existe a hipótese de que o gari tivesse morrido por engano.

A segunda linha de investigação seria um suposto estupro praticado pela vítima contra uma menina que mora no bairro do Nordeste, em Guarabira. As duas versões para o crime não foram confirmadas pelos investigadores e pode ter havido outra motivação, que ainda não foi descartada. A PC monta o quebra cabeças para atingir o seu objetivo, que é elucidar o crime e dá uma resposta à sociedade.

Do Portal25Horas com Fato a Fato

 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48