domingo, 28 de fevereiro de 2021
SIGA-NOS

Editorial: Sem analistas na mídia, as redes sociais dominaram as ‘discussões bobas’ nas eleições



Publicado em sábado, novembro 28, 2020 · Comentar 

O processo eleitoral ficou aquém das expectativas no que se refere a influência das mídias sociais no que tange as cidades pequenas. Na região brejeira, por exemplo, as famosas redes sociais foram palco de uma série de aberrações por parte de eleitores e candidatos.

A análise dos fatos no conjunto do processo, deu lugar a uma enxurrada de acusações, fakenews e insultos entre eleitores, enquanto que nas ruas o toma lá dá cá foi preponderante e decisivo em detrimento do debate de ideias, já que eleição pressupõe discussões de ideias e projetos.

Nós do Expresso, por exemplo, sentimos a ausência de profissionais de imprensa – e cabe também a nós uma autocrítica – para analisar o processo nas cidades da região (com raríssimas exceções), bem como discutir as propostas dos candidatos e colocar opiniões que ajudassem o eleitor a fazer a sua escolha.

As emissoras de rádio se resumiram a realizar entrevistas ‘secas’, sem aprofundamento de temas, muitas vezes priorizando as brigas políticas dos candidatos, sem extrair destes o que eles pensam de suas cidades e o que pretendem fazer por elas.

Foi, de nossa parte, uma ausência visível de um debate mais comprometido com esse processo democrático, talvez por falta de profissionais com capacidade política suficiente para tal, pois a imprensa, a mídia e seus analistas e comentaristas de política sempre exerceram papel fundamental nos processos passados.

Josinaldo Costa 
Diretor Presidente/ExpressoPB

 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48