sexta, 27 de novembro de 2020
SIGA-NOS

Segunda onda da Covid-19 pode encontrar país ainda mais vulnerável, alertam especialistas



Publicado em sábado, novembro 14, 2020 · Comentar 

RIO E SÃO PAULO — Diante de evidências de que a tendência de queda nos números da Covid-19 no Brasil se reverteu, especialistas temem que uma segunda onda de casos chegue num momento em que o país está mais vulnerável do que na primeira onda.

Médicos destacam alguns motivos de apreensão: prefeitos (e candidatos ao cargo) que relutam em considerar a volta de medidas de isolamento; sistemas de notificação de dados com problemas; e municípios com leitos dedicados a acolher doentes desmobilizados.

Parte do receio vem de exemplos do que está ocorrendo na Europa e nos EUA, onde uma segunda onda obrigou vários governos a fechar economias que já estavam reabertas.

Nas classes sociais mais altas, há sinal claro de reversão da tendência de queda. A rede de laboratórios clínicos Dasa, a maior do país, revelou ontem que houve aumento nos casos positivos da Covid-19, de 18,9% em outubro para 27,4% no início de novembro.

Ainda que exclua os dados da rede pública, o sinal é preocupante, sobretudo porque a demanda por testes diagnósticos também aumentou. “A média móvel na procura por exames cresceu 50% no RJ e 30% em SP, entre 10 de outubro e 10 de novembro”, informou a empresa, que tem 900 unidades laboratoriais espalhadas no país.

Da redação/ Com Click PB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48