domingo, 25 de outubro de 2020
SIGA-NOS

Mulher tem rosto deformado pelo ex; suspeito é cinegrafista da Record



Publicado em segunda-feira, agosto 3, 2020 · Comentar 

 

Uma jovem de 21 anos ficou com o rosto deformado ao ser agredida com socos pelo ex-marido na madrugada de ontem, em Altamira, a 817 quilômetros de Belém. O suspeito é cinegrafista da Record Altamira, afiliada Record TV, e foi identificado em nota pela emissora como Arlito Ramos, de 35 anos. A empresa também comunicou o afastamento do funcionário. Segundo a vítima, Janayna Vitória de Oliveira, o casal ficou junto por dois anos e estava separado há dois meses. Eles permaneceram amigos e tentaram reatar o relacionamento na noite de anteontem, marcando um encontro para assistir uma live.

Janayna conta que dormiu no sofá de casa, quando foi acordada pelo ex. O cinegrafista exigiu a senha do celular da vítima, que desbloqueou o aparelho, e passou a ser agredida. “Me espantei com ele chamando para o quarto. Levantei e coloquei o celular para carregar na sala. Ele questionou o motivo de não deixar carregando a bateria no quarto, sentiu ciúmes e exigiu a senha. Eu desbloqueei o aparelho, mas como não achou nada, jogou o celular ao chão, me agredindo com socos. Foi horrível, estou machucada e cheia de hematomas”, detalha. Arlito fugiu após as agressões e ainda é procurado pela Polícia Civil do Pará, que investiga o caso como crime de violência doméstica no âmbito da Lei Maria da Penha. Janayna precisou ser levada para atendimento médico, com machucados no nariz, olho direito e supercílios. Agressão surpreendeu vítima O casal tem um filho de 1 ano e 2 meses. Durante o tempo que ficaram juntos, Janayna relata que Arlito nunca foi uma pessoa agressiva, o que a deixou perplexa com o que ocorreu ontem. “Fomos casados há dois anos, mas nos conhecemos há oito anos. Nunca vi nada parecido. Foi a primeira vez que aconteceu e nem abusivo era o nosso relacionamento. Não estou conseguindo levar a minha vida. No meu pensamento só vem aquela cena, não consigo me alimentar, dormir ou me levantar para fazer algo. Estou em choque porque nunca o vi daquela forma. Parecia não ser a mesma pessoa”, frisa. A vítima frisa que o episódio que ocorreu com ela serve de alerta para outras mulheres ficarem atentas sobre as pessoas com quem convivem. “Isso serve de alerta para as outras mulheres. Algumas devem entender como estou me sentido e agora eu sei como elas se sentem quando são agredidas. É horrível, o pensamento naquela cena é o mesmo sempre. Ele foi um homem bom, mas o que fez não tem mais perdão. Posso até perdoar de coração, porém ele deve pagar pelo o que fez”, afirma.

Emissora afasta cinegrafista Em nota, o Grupo Mirante de Comunicação, que tem os direitos da Record TV em Altamira, informou que “todas as medidas estão sendo tomadas, e dado o comportamento do funcionário, decidiu que Arlito Ramos está suspenso das atividades da Record TV Altamira”.

Segundo a emissora, o afastamento é “por tempo indeterminado, a fim de colaborar com as investigações da polícia e com o trabalho da justiça para esse tipo de caso, dando total isenção ao processo”. O Grupo Mirante ainda informou que Arlito presta serviços à emissora há oito anos e sempre “foi um funcionário de postura ética e profissional, não apresentando nada que pudesse desabonar a sua imagem, o que não justifica tal atitude”.

Da redação/ Com UOL

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48