sábado, 31 de outubro de 2020
SIGA-NOS

Baixaria na política de Bayeux: Áudios e nudes de suposta traição do prefeito caem na rede



Publicado em quinta-feira, julho 23, 2020 · Comentar 

O prefeito interino de Bayeux, Jefferson Kita (Cidadania), pelo menos de acordo com o farto material que circula pelas redes sociais, vem contribuindo com a causa pela qual a cidade é conhecida internacionalmente, segundo texto do site Polêmica Paraíba que expõe uma série de audios em matéria publicada nesta quinta-feira (23).

Diz o referido site que fotos – incluindo nudes – e áudios que caíram na internet apontam para um caso extraconjugal entre o gestor e a diretora de uma escola estadual da cidade, identificada como Paula Meireles. Ambos são casados.

Ainda segundo o Polêmica, o prefeito até a publicação da matéria não havia se pronunciado sobre o assunto, mas em um áudio atribuído à primeira-dama, Bruna Silva, são feitos ataques a suposta amante do marido, atingindo inclusive a forma física da jovem.

 

Paula se manifestou em um áudio longo, no qual ela responde aos ataques de Bruna, afirma que “não existe amizade colorida, como alguns falam” e atribui a polêmica a “pessoas maldosas”.

Na gravação, ela afirma se sente ameaçada, que já conversou com o marido e não nega ter recebido muitas propostas em dinheiro de pessoas com alto poder aquisitivo de Bayeux – incluindo vereadores – e de fora da cidade, mas que tem consciência limpa.

Em um vídeo – prometido por Paula prometido – divulgado nesta quinta-feira (23), ela afirmou que vai acionar a Polícia e a Justiça para resolver o assunto. Confira o trecho que chegou à redação do Polêmica Paraíba.

Em outro áudio que vazou nas redes sociais, Paula supostamente cobra Kita por um encontro em uma certa granja.

Todo esse escândalo tem sido um prato cheio para os opositores de Kita no município, que tem produzido incansavelmente vários memes e distribuído pelas redes sociais.

Procurado pela reportagem do Polêmica Paraíba, o prefeito interino Jefferson Kita não atendeu nossa ligação. A assessoria da Prefeitura também não quis se manifestar.

Da Redação 
Do ExpressoPB

 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48