domingo, 12 de julho de 2020
SIGA-NOS

Kildere Freitas deixa Secretaria de Educação e pode compor chapa da situação em Sapé/PB



Publicado em domingo, junho 7, 2020 · Comentar 

O professor Kildare Freitas deixou a Secretaria de Educação do município de Sapé, Zona da Mata da PB, e em carta publicada nesta sexta-feira (04) fez um balanço de sua atuação ao longo de quase oito anos de atuação na pasta, além de agradecer o apoio dado pelo Prefeito Roberto Feliciano para que o trabalho fosse realizado plenamente.

Kildare Freitas é filiado ao partido Cidadania e sua saída da pasta remete a possibilidade de que o professor venha a compor a chapa situacionista nas eleições de outubro próximo.

Um dos secretários mais bem avaliados da gestão de Roberto, o professor Kildare recebeu uma ‘bateria’ de saudações e agradecimento vindo de professores e servidores da educação em reconhecimento a seu trabalho.

Veja a seguir na íntegra a carta do professor Kildare Freitas:

“TODA ESCOLA PÚBLICA PODE SER UMA BOA ESCOLA”

Obrigado a todos!

Quero mais uma vez agradecer, e desta vez com um agradecimento bem mais forte. Tive o prazer de chegar nesta cidade de muitas lutas e conquistas como Professor de Matemática da Escola Gentil Lins e desde este momento, há 12 anos, Sapé se tornou uma terra de desafios e oportunidades. Como professor da Escola sentia a necessidade de expressar o envolvimento com a comunidade, apresentando preocupações com metodologias. Mesmo com estrutura precária, ausência de modelo de gestão, a complexidade do processo de ensino-aprendizagem me senti motivado a transformar este cenário, e a comunidade me elegeu Diretor com apenas 1 voto de diferença , dois anos depois fui eleito com 100% dos votos.

Mas, 10 meses após a minha vitória fui convidado a assumir um desafio ainda maior, o de Ser Secretário de Educação, Cultura, Esporte e Turismo do município, convite feito pelo Prefeito eleito, Roberto Feliciano. Ao chegar na Secretaria me deparei com uma realidade crítica, 40 escolas em péssimo estado estrutural, além disso a situação da gestão interna da secretaria me preocupava, pois gerava descompromisso, falta de empoderamento, não existiam protagonistas , mas sim, culpados. Mas nada disso foi obstáculo para criar dentro de mim o sentido de transformação, dias intensos de trabalho se estendiam até a madrugada, renúncia de uma vida pessoal, mostravam a cada minuto que através da persistência, os resultados iam sendo construídos e um processo intenso de mudança nascia ali.

A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Turismo proporcionou um enorme aprendizado pra mim como pessoa e profissional, todas as ações desenvolvidas nestes 7 anos e 5 meses me fazem sair com o mesmo sentimento de felicidade de quando cheguei. Meu sentimento é de gratidão, mas tenho certeza de que é preciso fazer muito mais.  As horas trabalhadas não foram suficientes para me desanimar ou cansar, nem mesmo gerir uma política educacional em tempos de pandemia me assustou, pois tudo o que faço é com zelo e amor.

As inúmeras ações realizadas durante este tempo de crescimento, lutas, desafios e conquistas me fortalece a seguir em frente. Na estrutura que tanto me chamou atenção, deixo posicionamentos e planos prontos para serem concluídos até o último minuto desta gestão. Meu coração palpita de alegria quando olho para as várias unidades escolares transformadas e para aquelas que estão em processo de transformação: Minervino Miranda, Cassiano Ribeiro Coutinho, Irmã Catterina Giraldo e a construção da Creche no loteamento Abel Cavalcante. Além disso, já está tudo pronto para as transformações da Escola Alfredo Coutinho, São Vicente de Paula, Joaquim de Almeida, Severino Basílio, além da Biblioteca Augusto dos Anjos. Na CPL, entre outras, encontra-se os projetos para processo de licitatório da obra da escola Luiz Ignácio Ribeiro Coutinho e ainda acima de tudo a quadra poliesportiva que há tempos não tinha progresso, acaba de ser entregue.

Sem postergar, no campo da gestão geramos fortalecimento da Rede Municipal, descentralizando áreas e valorizando profissionais para melhor atender a sociedade. No campo cultural desenvolvemos e ofertamos política para valorização do artista sapeense, dividindo em duas grandes áreas Gestão dos Equipamentos Culturais (Memorial Augusto dos Anjos, Banda Santa Cecília, Biblioteca Augusto dos Anjos) e por outro lado, a criação da Escola Municipal de Artes, que realiza mais de 200 atendimentos do balé ao violino. No Esporte, Sempre fomos atentos em prestar apoio a todos os desportistas sem fazer escolhas ou juízos de valor.

Como zelo a coisa pública, criamos ações por meio da inserção e rigor das funções administrativas, criando um cenário que não era conhecido, a gestão de Controle Interno. Essas ações quebram paradigmas e geram resultados tais como: Elevação de 665% nas matrículas da Educação Infantil em Creches, aumento no IDEB em 21% de 2013 para 2017, do Ensino Fundamental I, sempre ultrapassando a meta proposta pelo INEP, aumento de 50% na nota do IDEB do Ensino Fundamental II, 84% de eficiência em Educação, dados apresentados pelo IEGM do TCE-PB, nos tornando o 4° lugar na Paraíba com eficiência em educação, estes são alguns dos números conquistados dentre os vários outros obtidos.

Agora a vida me propõe um novo desafio, mas carrego profundamente o sentimento de gratidão a todos aqueles que se dedicaram neste processo de evolução da educação pública sapeense, muitos já se passaram, outros ainda presentes, cada um com seu valor e sua importância neste processo. Todos vocês, que se dispuseram apoiando, comprometendo-se  com os serviços e políticas públicas propostas nestes 7 anos e 5 meses o meu mais sincero OBRIGADO por acreditarem que “Toda Escola Pública pode ser uma boa escola.”

Kildare Freitas

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48