terça, 26 de maio de 2020
SIGA-NOS

Governadores do Nordeste vão receber ajuda da China para combater coronavírus



Publicado em domingo, março 22, 2020 · Comentar 

O Consórcio Nordeste, grupo formado pelos nove estados da região, enviou uma carta ao embaixador da China no Brasil pedindo ajuda do país no combate ao novo coronavírus (Covid-19).

No documento, o grupo liderado pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT), pede ao embaixador Yang Wanming ajuda com envio de materiais médicos, de insumos e de equipamentos que possam “nos ajudar a combater o flagelo que estamos enfrentando”.

O governador baiano destaca ainda a necessidade de leitos de UTI e de respiradores, “pois as projeções de enfermos indicam que haverá um déficit deste equipamento do momento do pico da epidemia”.

Colocamo-nos à disposição de vocês para quaisquer esclarecimentos que sejam necessários e queremos, desde já, reafirmar nossa admiração pela forma como o povo chinês enfrenta a epidemia e pela imensa amizade que une nossos povos”, conclui o documento.

Leia abaixo a nota:

Nós, governadores do #ConsórcioNordeste, oficializamos ao Embaixador Chinês Yang Wanming um importante pedido de ajuda para o combate ao novo coronavírus no #Nordeste. Eles passaram por um momento semelhante ao que estamos vivendo agora e conseguiram enfrentar com sucesso a #COVID19. Sempre respeitamos o povo chinês e passamos a admirá-los ainda mais após ver como eles enfrentaram esse momento difícil. Estamos à disposição para estreitar os laços entre nossos povos. O cuidado com nossa população é a prioridade. Todos juntos contra o coronavírus. Vamos vencer! 

Rui Costa
Governador da Bahia

Após os governadores nordestinos pedirem apoio da China para combater a pandemia do coronavínus na Região, o embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming, disse que o país asiático irá “se esforçar” para atender a solicitação. No pedido de ajuda à China, feito por meio de um ofício assinado pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT), em nome do Consórcio Nordeste, os governadores pedem a colaboração do governo chinês.

Sr. governador, já recebemos a sua mensagem. Vamos esforçar por isso”, postou Wanming nas redes sociais. O pedido do Consórcio Nordeste e a resposta do embaixador acontecem em meio à uma crise diplomática criada pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) que acusou a China de ser a responsável pela pandemia mundial relacionada ao novo coronavírus.

A China respondeu duramente a acusação e exigiu uma retratação pública por parte do parlamentar. Pouco depois o chanceler Ernesto Araújo emitiu uma nota endossando o ataque de Eduardo Bolsonaro onde afirmou ser “inaceitável” que o embaixador da China compartilhe mensagem ofensiva ao chefe de Estado e aos seus eleitores”, em referência uma postagem feita por Wanming citava o clã Bolsonaro de ser o “grande veneno deste país”.

Da Redação 
Com Pragmatismo Político 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48