sexta, 05 de junho de 2020
SIGA-NOS

Papa reaparece, diz que está resfriado e afasta suspeitas de coronavírus



Publicado em domingo, março 1, 2020 · Comentar 

O Papa Francisco fez sua primeira aparição pública neste domingo (1) depois de quatro dias recolhido. Ele disse que está resfriado, o que o levou a cancelar algumas audiências e atividades nos últimos dias.

Ele disse às pessoas reunidas na praça que não irá participar do retiro espiritual anual de seis dias com a cúria romana. É a primeira vez que isso acontece desde sua eleição, em 2013. O retiro acontecerá em Ariccia, ao sul de Roma.

“Infelizmente, um resfriado obriga-me a não participar este ano” disse após a oração do Angelus, da janela do Palácio Apostólico, durante a qual ele teve dois acessos de tosse.

Foi sua primeira aparição pública desde a missa de Quarta-Feira de Cinzas em Roma, durante a qual ele foi visto tossindo e espirrando.

O Vaticano não especificou qual a doença de Francisco. No entanto, em meio a temores na Itália por causa de um surto de coronavírus, o porta-voz Matteo Bruni negou na sexta-feira as especulações de que o Papa estivesse afetado por algo grave.

“Não há evidências que levem ao diagnóstico de nada além de uma leve indisposição”, disse ele.

Da Redação 
Com BR 247

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48