domingo, 15 de setembro de 2019
SIGA-NOS

Idoso mata amante, arrasta corpo para fora de casa e a atropela com caminhonete



Publicado em quarta-feira, agosto 21, 2019 · Comentar 

A Polícia Civil do Mato Grosso confirmou ter prendido um idoso de 71 anos apontado como o responsável pelo assassinato de uma mulher, de 31, com quem ele teria um caso extraconjugal há pelo menos dois anos. O homem foi preso nessa segunda-feira (19) e alegou legitima defesa. No entanto, além de matar a vítima, ele ainda arrastou o corpo dela para fora de casa e o atropelou com uma caminhonete. O crime ocorreu no domingo (18), na cidade de Primavera do Leste, a pouco mais de 200 km de Cuiabá.

Por meio de nota, a corporação explicou que José de Carvalho confessou ter assassinado Magna Alves Gabriel, por volta das 18h do domingo. Os dois estavam na casa dele, no bairro Centro Leste, quando começaram a discutir. Em determinado momento, ele pegou uma arma e atirou duas vezes contra a vítima. Ela foi baleada na região da barriga e, na sequência, teve o corpo arrastado para fora da residência. O agressor ainda a atingiu com golpes de facão e, por fim, a atropelou com uma caminhonete Toyota Hilux.

De acordo com as autoridades, a mulher foi atropelada quando o homem se preparava para fugir. Ela chegou a ser socorrida para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos.

Diante das evidências, o delegado responsável pelo caso, Pablo Borges Rigo, representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi prontamente expedida pela Justiça. Quando o idoso apresentou-se na Delegacia de Primavera, já havia uma ordem de prisão decretada contra ele. A medida foi cumprida na mesma hora.

Interrogado, o suspeito confessou o crime e disse que agiu em legítima defesa, uma vez que a namorada foi até a sua residência e ameaçou matá-lo por não aceitar o fim do relacionamento. Ele alegou ainda, que está doente e não podia mais manter relações sexuais com a mulher, fato que teria motivado as brigas entre o casal.

Agora, as investigações coordenadas pelo delegado regional, Rafael Forssari, continuam em andamento para apurar as reais circunstâncias do crime.

Da Redação 
Com BHAZ

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48