domingo, 01 de agosto de 2021
SIGA-NOS

Sob gritos de ‘covardes’, auxiliares da PMJP abandonam audiência pública sobre Porto do Capim



Publicado em quarta-feira, março 27, 2019 · Comentar 

Aos gritos de covarde, os secretários da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) abandonaram a audiência pública da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) que tratava do imbróglio referente ao despejos de famílias do Porto do Capim.

O presidente da sessão, Tibério Limeira (PSB), disse que a PMJP estava tentando sabotar a audiência até antes do início, com “manobras” para atrasar a realização da mesma.

“Isso que vocês viram hoje, essas manobras antes da sessão, atrasando o início da audiência em mais de uma hora, é a realidade que se vive todos os dias. Confesso que temos uma boa relação entre a bancada de oposição e situação, mas tem horas que dá vergonha participar de algumas atitudes aqui no plenário”, afirmou.

Entenda

Estava definido que a audiência seria conduzida com a fala de um componente da mesa e posteriormente alguém da sociedade civil. O primeiro a falar foi o líder do governo, Milanez Neto (PTB). Em seguida, Tárcio Teixeira falou representando a sociedade.

Na hora em que a secretária de Planejamento, Daniella Bandeira, iria falar, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Zennedy Bezerra, teria solicitado que os auxiliares deixassem a audiência. Estavam na ocasião ainda Joubert Fonseca e Sachenka da Hora, que acompanharam a decisão.

Da Redação 
Com ParaíbaJá

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48