sexta, 23 de agosto de 2019
SIGA-NOS

Crime banal: Acusado de matar colega por causa de coleira de cachorro se entrega a Polícia



Publicado em terça-feira, fevereiro 12, 2019 · Comentar 

Um crime banal que chocou Campina Grande teve um novo capítulo. O homem suspeito de ter assassinado o jovem Jefferson do Nascimento Almeida, de 27 anos, morto após discutir com colega por causa de uma coleira artesanal para cachorro, se entregou à Polícia Civil no fim da tarde desta segunda-feira (11).

Ele se entregou no final da tarde na Central de Polícia, acompanhado de seu advogado. A delegada de Homicídios, Nercília Dantas, que investiga o crime registrado no último sábado (9), no bairro do José Pinheiro, disse que ele confessou o crime.

De acordo com as investigações policiais, suspeito e vítima compartilhavam do mesmo hobby de criar cachorros e tinham encomendado duas coleiras a um artesão para os animais.

No entanto, com o dinheiro que repassaram para o homem, só foi possível confeccionar uma coleira, razão pela qual houve o desentendimento entre o suspeito e a vítima, resultando na morte de Jefferson, que foi assassinado a facadas. Ao sair da Central de Polícia, o acusado concedeu entrevista e disse que estava arrependido.

O corpo da vítima foi sepultado ontem à tarde em um dos cemitérios de Campina Grande, em meio a um forte clima de comoção.

Redação
Com PbAgora

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48