sábado, 17 de novembro de 2018
SIGA-NOS

Líder político de Bananeiras avalia cenário pós-eleição e afirma não acreditar em rompimento entre Ramalhos e Lucena



Publicado em sexta-feira, novembro 9, 2018 · Comentar 

O jovem Mateus Bezerra, líder político da cidade de Bananeiras, no brejo, concedeu entrevista na manhã desta sexta-feira (09) ao Jornal da Integração da Rádio Integração do Brejo, onde fez uma avaliação do cenário político local, pós eleições 2018.

Mateus deixou a entender que esperava uma votação maior dos candidatos apoiados por ele, mas ressaltou que o fato de pessoas natural da cidade terem sido candidatos pode ter influenciado na escolha do eleitor.

Questionado sobre um possível rompimento entre a família Ramalho com o prefeito, Mateus foi enfático: “só acredito nesse rompimento quando eu ver, vou fazer igual a São Tomé; portanto não quero falar em cima de especulações”, disse.

Bezerra também fez elogios ao ex-vereador Edgar Santa Cruz que apesar de estar no campo das oposições apoiou candidatos diferentes, mas que o tem como um nome que tem o seu respeito e que deve convergir para a unidade das oposições.

A gestão municipal não saiu da mira de Mateus Bezerra, sobretudo a área da saúde, mais precisamente as questões relacionadas a UPA que ainda não está concluída. “A situação da UPA é fruto da falta de organização e planejamento, vejam o que acontece com o Posto de Saúde no Jaracatiá, foram mais de 6 anos para ser concluído”, criticou.

O atraso no salário dos servidores também foi motivo de críticas de Mateus a gestão Lucena. O ex-vice-prefeito ironizou: “pra essa gestão só tem uma solução, se todo mês tivesse uma eleição”, cravou.

A infra-estrutura nos distritos da cidade também foi pauta da entrevista. Uma ouvinte denunciou que no sítio Buraco foi colocado uma placa da construção do calçamento da localidade, mas meses depois sumiu a placa e não chegou uma pedra para o calçamento, fato que não passou despercebido pelas críticas do ex-vice-prefeito.

Pelo tom da entrevista, Mateus se mantém firme e forte e já de olho em 2020.

A entrevista foi acompanhada por vereadores, lideranças comunitárias e foi conduzido pelos radialistas Eraldo Luís e Edilson Santos.

Da Redação 
Do ExpressoPB  

 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48