segunda, 10 de dezembro de 2018
SIGA-NOS

“Mataram um inocente que tinha sonhos”, diz esposa de guarabirense morto pela policia no RJ



Publicado em quarta-feira, outubro 31, 2018 · Comentar 

A esposa do jovem guarabirense assassinado no Rio de Janeiro pela polícia, conversou com o repórter Pedro Júnior da Rádio Talismã FM da cidade de Belém, segundo matéria do  site ManchetePB, oportunidade em que pediu justiça.

Leia também: Barbaridade: Jovem de Guarabira é assassinado em abordagem policial no Rio de Janeiro

A jovem Jane relatou o caso que vitimou o seu esposo José Roberto Ferreira de Aguiar Filho, conhecido por “Júnior Mecânico”, de 24 anos. O rapaz foi morto com um disparo de arma de fogo durante uma abordagem policial na região de Rio das Pedras, bairro localizado na zona oeste do Rio de Janeiro.

Júnior era bastante conhecido e já trabalhou em várias lojas de motos em Guarabira. Segundo a companheira, havia 3 (três) meses que ele estava trabalhando no Rio de Janeiro. “Ele ia vim essa semana.”, escreveu Jane, acrescentando que ficou sabendo que a morte do esposo foi em uma abordagem. “O que a gente sabe é que na abordagem a polícia já agiu atirando e pegou nele. Mas estão investigando pra saber a verdade”, relatou.

Júnior estava na companhia de um amigo quando foi morto com um tiro que atingiu os pulmões e transfixou no peito.

Casado há 2 anos, a vítima tinha se tornado pai há cerca de 1 mês de um menino. “Mataram um inocente que foi atrás de emprego pra alimenta os filho. Júnior era um ótimo marido um amor de pai ele só fazia o bem ele não temia na falsidade do outro.”, declarou a esposa.

O velório está acontecendo desde às 6h da manhã de hoje (31) na Associação do Bairro do Rosário. O sepultamento está marcado para ás 15h30 no Cemitério Novo em Guarabira.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48