segunda, 10 de dezembro de 2018
SIGA-NOS

Ex-prefeito de Sousa, André Gadelha enfrenta ação do MP que pede condenação por contratação irregular e farra com dinheiro público



Publicado em quarta-feira, outubro 31, 2018 · Comentar 

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), através do Promotor de Justiça, Hamilton de Sousa Neves, deu parecer a condenação do ex-prefeito de Sousa, André Avelino Gadelha (MDB), devido a irregularidades na contratação de servidores para a Guarda Municipal de Sousa.

Trata-se da ação dos “Guardinhas”, que de acordo com a denúncia de autoria da Procuradoria da Prefeitura Municipal de Sousa, entre setembro de 2014 e janeiro de 2015, a gestão André Gadelha efetuou 101 contrações a título de excepcional interesse público. Foram denunciados vários profissionais da imprensa de Sousa.

Na época foi instaurado inquérito civil público na Promotoria de Justiça de Sousa, inclusive, serviu de base para ação penal. Ao ser realizado vários levantamentos junto a órgão de controle interno estadual, foram comprovadas as fraudes e a farra com o dinheiro público.

Conforme o MP, o ex-prefeito ainda efetuou várias contratações precárias favorecendo aliados políticos, ocasionando uma verdadeira farra com o dinheiro público.

O promotor de justiça já remeteu suas alegações finais ao juízo da 5º Vara da Comarca de Sousa.  Ainda disse que aconteceu a quebra de isonomia da ilegalidade da realização de concurso público, tudo isso largamente comprovado, fato que demonstra a improbidade administrativa praticada por André Gadelha. Com isso, MPPB pede a condenação do ex-gestor.

Por fim, em virtude da irregularidades, o Promotor Hamilton Neves dá perecer a condenação de André com as seguintes penalidades: ressarcimento ao erário, perda do direito de contratar com o poder público pelo período de 5 anos, inelegibilidade e perda da função pública, casa exerça.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48