Tatiana Dias Gomes lança o EP “Romance” em parceria com pai

Publicado em sexta-feira, abril 28, 2023 · Comentar 


Foto Reprodução

Neta de Dias Gomes e Janete Clair, filha do renomado baterista Alfredo Dias Gomes, cantora carioca grava novo trabalho reunindo cinco faixas com a luxuosa participação de Jessé Sadoc (trompete), Jefferson Lescowich (baixo) e Yuval Ben Lior (guitarra) Herdeira de um sobrenome dos mais respeitados do país, Tatiana Dias Gomes não apenas evoca a literatura e a dramaturgia dos seus avós, Dias Gomes e Janete Clair, como ainda ganhou de bônus as veias artísticas dos filhos dos escritores: seu pai, o renomado baterista Alfredo Dias Gomes, além dos tios  musicistas Guilherme Dias Gomes e Denise Emmer – também um dos grandes nomes da poesia brasileira. A carioca, nascida em 1985 – que desde criança já cantava, chegando, inclusive, a gravar dois jingles, participando, ao lado de cantores como Ivan Lins e Ritchie, da trilha sonora do espetáculo El Toreador, baseado em uma obra de sua avó – lança seu novo EP “Romance” com cinco faixas autorais, já disponível nas plataformas digitais.

Crescida assistindo a ensaios, gravações e shows de seu pai e a ensaios e peças de sua mãe – a atriz Neuza Caribé – Tatiana Dias Gomes já se dizia cantora quando muito criança. Psicóloga em atividade, formada na PUC-Rio (2007) com pós-graduação em Psicologia Clínica, já participava, na adolescência, como backing vocal da banda de pop rock Simetria. Como cantora, apresentou-se desde nova em palcos como Mistura Fina e Teatro Municipal Paulo Gracindo, realizando parcerias com Daniel Mendonça e Sérgio Naciffe (canção “Dançando na Lua”, 2014), Jorge Simas (“Cantiga Pra Ninar Quem se Ama”, 2008) e Victor Lósso (“Domingo em Casa”, 2022). Com seu pai, lançou em 2019 o EP “Tributo para Michael”. Interpretadas em formato acústico, pai e filha resgataram a genialidade do rei do pop com releituras bem próprias e singulares. Esta foi a primeira parceria dos dois em um mesmo projeto, embora Tatiana tenha cantado com o pai no estúdio e nos palcos ao longo de toda a vida – antes do tributo a Michael Jackson, os dois já haviam registrado a parceria em um CD demo com releituras de clássicos da MPB.EP “Romance”

Gravado do estúdio do seu pai na Lagoa e masterizado no icônico Abbey Road Studios, “Romance” contou com um time de excelência: além do Alfredo na bateria, participaram Jefferson Lescowich (baixo), Jessé Sadoc (trompete) e Yuval Ben Lior (guitarra). Das cinco faixas – todas assinadas por Alfredo Dias Gomes – duas foram compostas em parceria com Tatiana (“Ver o mar” e “Essa canção”). A própria “Ver o mar” abre o álbum digital, com letra da filha musicada pelo pai: “quando me mostrou me apaixonei por ela, achei linda…. E adoro letras que contam uma história… me veio logo na cabeça uma história de um casal se conhecendo por acaso na praia… eu tenho muito essa ligação com o mar”, comenta Tatiana. “O refrão, imaginei todos aqueles sentimentos dos dois: a experiência deles sozinhos na praia e entre eles se conhecendo… porque quando a gente está feliz, se sentindo bem, tudo brilha mais, parece que tudo gira, tudo fica mais bonito”, complementa.

Em seguida, “Quando vi você” reforça os belos contornos amorosos do EP, ressaltando as arrebatadoras e raras conexões que surgem logo no início de relacionamentos. Outra composição de Alfredo, “Tudo pra mim” conta a história de alguém que foi se deixando de lado numa relação, se anulando para agradar o outro, perdendo a individualidade, esquecendo os próprios sonhos. “Infelizmente isso acontece bastante em muitos relacionamentos…mas quando o casal termina ou separa, a pessoa se lembra de si, busca se reconectar, vê que é uma pessoa inteira, que pode fazer tudo por si”, afirma Tatiana. Segunda parceria com seu pai, “Essa canção” narra o começo de um relacionamento, “em que ficamos pensando naquela pessoa e é como se tudo aquilo tivesse que acontecer, como se fosse destino, de tanto que as coisas se encaixam”. Já “Vem Dançar”, que encerra o EP, outra composição de Alfredo, descreve a história de alguém que estava triste e que saiu para espairecer, sem imaginar que iria encontrar uma pessoa especial que acaba animando seu dia. “Acho que essa música mostra como encontros muitas vezes podem mudar tudo para alguém, podem transformar o dia de uma pessoa”, conclui.Redação/ Assessoria – EP “Romance” – Tatiana Dias Gomeshttp://tratore.ffm.to/tatianaromance

Comentários
%d blogueiros gostam disto: