Recebendo salário de R$ 5 mil, vereadores de Pilar aprovam projeto para trabalhar apenas dois dias por mês

Publicado em sexta-feira, abril 14, 2023 · Comentar 


Aprovação do projeto permite que a Câmara funcione com duas sessões ordinárias por mês, sempre nas quartas-feiras, às 19h

Vereadores da Câmara Municipal de Pilar, que recebem R$ 5 mil por mês, aprovaram na última quarta-feira (12) o projeto de resolução 002/2023, que estabelece uma mudança no Regimento Interno da Casa. A aprovação permite que a Câmara funcione com duas sessões ordinárias por mês, sempre nas quartas-feiras, às 19h.

Conforme apurado pelo ClickPB, dos nove parlamentares, oito estiveram presentes na sessão e o placar foi de 6×1 pela aprovação, além de duas abstenções. O único voto contrário foi do vereador Lando Silva.

O projeto também estabelece que as sessões ordinárias só serão realizadas com presença mínima de um quarto dos vereadores, o que significa dois parlamentares.

Além disso, o ClickPB verificou que as sessões solenes e secretas só vão acontecer se forem pedidas e agendadas pelos vereadores em semanas nas quais não vão acontecer as sessões ordinárias.

Gasto anual com salário dos vereadores é de R$ 600 mil

Para trabalhar dois dias por mês, os vereadores Antônio Gomes de Souza, Berta Alves de Souza, Edmilson Ferreira Marques, Joel Souza da Silva, José Jonas Monteiro, Landoaldo César da Silva, Reginaldo Targino da Silva e Rodolfo Luís Alves da Fonseca recebem R$ 5 mil. Por ser presidente da Câmara, o vereador José Alberto Alves Franco recebe R$ 10 mil.

Conforme apurado pelo ClickPB no Portal da Transparência da Câmara Municipal de Pilar, o gasto mensal com os salários dos vereadores é de R$ 50 mil. Por ano, os vereadores representam um gasto de R$ 600 mil para trabalhar em 22 sessões ordinárias.

 

Redação/ClickPB

Comentários
%d blogueiros gostam disto: