quarta, 08 de fevereiro de 2023
SIGA-NOS

Apagão em maternidade forçou bebês a serem transferidos de UTI em Campina Grande



Publicado em sábado, janeiro 21, 2023 · Comentar 

Prédio onde funciona o Isea ficou sem energia elétrica e gerador não funcionou.

A maternidade do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea), em Campina Grande, ficou sem energia elétrica e os bebês da UTI precisaram ser transferidos no final da manhã deste sábado (21).

O apagão aconteceu apenas no prédio principal da maternidade. Além da falta de energia, o gerador do Instituto também não funcionou.

Os prédios anexos ao Isea e outros prédios do Centro não foram atingidos. O Instituto informou que o problema teria sido na instalação elétrica do prédio.

Até o momento, sete bebês foram transferidos pelo Samu para outras unidades. Nenhuma mãe foi transferida, pois os equipamentos são mantidos por bateria e funcionam normalmente.

De acordo com a direção do hospital, a situação está sob controle e os bebês foram transferidos de maneira preventiva para outros dois hospitais no Centro de Campina Grande.

A secretaria de Saúde de Campina Grande disse em nota que o incidente não causou dano a nenhum recém-nascido, gestante ou puérpera. “A equipe de engenharia da Secretaria Municipal de Saúde trabalha para identificar o que pode ter causado o problema, visto que a unidade dispõe de geradores de energia elétrica”, informou.

O prefeito Bruno Cunha Lima e o secretário de Saúde Gilney Porto estão na maternidade para acompanhar a situação até o restabelecimento do fornecimento da energia, ainda de acordo com a Secretaria de Saúde.

Da Redação
Com G1 PB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48