quarta, 08 de fevereiro de 2023
SIGA-NOS

Papa Francisco critica condenação de Lula e atribui prisão do Presidente a uma “Histórica fake news”



Publicado em quarta-feira, dezembro 21, 2022 · Comentar 

O Papa Francisco afirmou que o julgamento que levou à prisão do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) “começou com notícias falsas na mídia, que criaram uma atmosfera que favoreceu a colocação de Lula em um julgamento”. A declaração foi feita em entrevista ao jornal espanhol ABC.

O pontífice descreveu o caso brasileiro como “histórico” e “paradigmático” e refletiu sobre a importância de se garantir “um julgamento o mais limpo possível, com tribunais de primeira classe, sem nenhum interesse que não seja o de garantir uma justiça limpa”.

De acordo com o argentino, o processo pelo qual Lula passou “não parece ter sido adequado”. Para o Papa Francisco, notícias falsas sobre líderes políticos ou sociais são gravíssimas uma vez que podem “destruir uma pessoa”.

“É preciso cuidado com aqueles que montam um cenário para um julgamento, seja ele qual for. Eles fazem isso pela mídia de forma que tenha efeito sobre aqueles que irão decidir”, descreveu.

O líder da Igreja Católica finalizou afirmando que não queria fazer política e sim “contar o que aconteceu”. Em fevereiro de 2020, Lula e o pontífice se reuniram depois que o presidente eleito foi solto para conversarem sobre o combate à fome e à desigualdade social.

No sábado (17/12), Lula parabenizou o religioso, que completou 86 anos. “Um exemplo de vida, solidariedade e dedicação no combate à fome e desigualdade. Que suas palavras sigam nos inspirando na busca por um mundo mais fraterno, de amor e paz”, escreveu.

Da Redação 
Com Polêmica Paraíba / Vitor Azevêdo

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48