terça, 31 de janeiro de 2023
SIGA-NOS

PM mata esposa grávida, dispara contra Batalhão, mata tenente e tira a própria vida em PE



Publicado em terça-feira, dezembro 20, 2022 · Comentar 

Um agente recém-formado do 18º Batalhão da Polícia Militar, do Cabo de Santo Agostinho (município onde morava), identificado apenas por “Guilherme”, foi o autor de uma tragédia nesta manhã de terça-feira (20). Ele matou a própria esposa grávida com oito tiros, e depois se dirigiu até o 19º Batalhão da PM, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, onde chegou atirando contra outros membros da corporação e depois tirou sua vida. Uma das vítimas dos disparos foi identificada como Souza, promovido nesta segunda-feira (19) ao cargo de segundo-tenente. A informação é do Diário de Pernambuco reproduzida pelo site TNH1.

Outros três policiais foram atingidos por Guilherme. A Major Aline, baleada nas costas e levada ao Real Hospital Português; o Cabo Rebêlo, também baleado e levado ao mesmo hospital; e o Sargento Uchôa, vítima de um tiro de raspão na cabeça e encaminhado para o Hospital da Restauração, no Derby. Nenhum deles teve o seu estado de saúde divulgado.

Leia também: BARBARIDADE: Filho mata a própria mãe idosa com furadeira após sessão de tortura

De acordo com uma testemunha ouvida pela reportagem do Diario de Pernambuco, nenhum dos alvos do atirador conhecia ou tinha convívio com ele. Outra testemunha afirmou que o homem se formou na última turma e apresentava distúrbios psicológicos.

Abaixo, confira nota enviada pela Polícia Militar sobre o caso – As forças de segurança estão atuando de forma integrada, neste momento, para dar o suporte aos feridos, investigar e coletar elementos que ajudem a elucidar as circunstâncias e a motivação dessa tragédia envolvendo policiais do 19º batalhão e a mulher de um policial. No contexto atual, não é possível repassar outras informações e é prematuro, além de irresponsável, fazer conjecturas. Neste momento de dor e comoção, solicitamos compreensão e respeito às vítimas, familiares, colegas de profissão e demais envolvidos. Oportunamente, faremos novos esclarecimentos. As polícias Militar, Civil, Científica e o Corpo de Bombeiros, além de outros órgãos, estão dedicados ao trabalho.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48