segunda, 06 de fevereiro de 2023
SIGA-NOS

Governo do Estado contempla universidades públicas da Paraíba com R$ 7 milhões para pesquisas científicas



Publicado em terça-feira, dezembro 20, 2022 · Comentar 

O Governo do Estado, por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa da Paraíba (Fapesq) e da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia (SEECT), vai financiar 54 pesquisas científicas de Programas de Pós-Graduação de instituições de ensino superior do Estado da Paraíba, com recursos totais de R$ 7 milhões, oriundos do Tesouro Estadual. São projetos submetidos nos editais de Apoio a Núcleos de Excelência e de Apoio a Núcleos em Consolidação do Estado da Paraíba.

Núcleo de Excelência é o grupo organizado de pesquisadores e técnicos de alto nível, em permanente interação, com reconhecida competência e tradição em suas áreas de atuação técnico-científica, capazes de funcionar como fonte geradora e transformadora de conhecimento científico-tecnológico para aplicação em programas e projetos de relevância ao desenvolvimento do Estado da Paraíba. Os Núcleos de Excelência deverão ser caracterizados por uma área ou tema de atuação bem definidos, em área de fronteira da ciência ou da tecnologia, ou em áreas estratégicas definidas como prioritárias para a ciência e tecnologia do estado da Paraíba.

Foram aprovados 11 projetos submetidos por núcleos de excelência de pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação vinculados aos programas de pós-graduação (PPGs) conceitos 7, 6 ou 5 na Capes das instituições de ensino superior e/ou pesquisa sem fins lucrativos, sediadas no Estado da Paraíba, e com excelência reconhecida, mediante suporte financeiro à realização de suas atividades. Serão investidos recursos de até R$ 4 milhões, oriundos do Tesouro Estadual. As propostas devem ser contempladas com o valor de até R$ 300 mil, sendo 70% custeio e 30% capital em relação aos itens financiáveis.

Neste edital de apoio a Núcleos de Excelência foram aprovadas as pesquisas científicas: Adaptabilidade e nutrigenômica na produção sustentável de pequenos ruminantes frente às mudanças climáticas (UFPB); Bioprospecção de sistemas nanotecnológicos com atividade antitumoral (UFPB); Conversores Aplicados aos Veículos Elétricos (UFCG); Núcleo de excelência em desenvolvimento de biomateriais para uso em saúde (UFCG); Núcleo de Excelência em Design de Moléculas de Interesse Farmacológico para Doenças Negligenciadas (UFPB); Biodiversidade da Paraíba: Status, Ameaças e Oportunidades (UFPB); Produção de membranas poliméricas e sua aplicação no tratamento de lixiviado de aterro sanitário (UFCG); Obtenção de biopoliuretanos de óleos vegetais do Semiárido, para aplicação em revestimentos, adesivos e calçados (UFPB); Comunidade bacteriana de dietas com palma forrageira e seu impacto sobre a saúde e o desempenho de cabras leiteiras (UFPB); Desenvolvimento e aplicação de proteína protegida para dieta de ruminantes utilizando cerídeos como agente encapsulante, adicionados de adjuvantes naturais e aplicação de diferentes métodos industriais de secagem (UFCG); Núcleo de Excelência em avanços no diagnóstico, epidemiologia e controle da leptospirose animal no bioma Caatinga, semiárido brasileiro (UFCG).

Núcleos em Consolidação – Os núcleos em consolidação são grupos de pesquisa já estabelecidos ou em fase inicial de implantação, liderados por pesquisadores doutores com capacidade de produção científica, tecnológica e de inovação reconhecida, que tenham histórico de colaboração, por meio de projetos, publicações e orientações, capazes de funcionar como fonte geradora e transformadora de conhecimento científico tecnológico para aplicação em projetos de relevância ao desenvolvimento do Estado da Paraíba.

Foram aprovadas 43 propostas dos programas de pós-graduação da UFPB, UFCG, UEPB e IFPB. A chamada visa dar suporte financeiro aos trabalhos dos núcleos que buscam a consolidação em suas áreas de pesquisa, vinculados a instituições de ensino superior e/ou pesquisa sem fins lucrativos, no Estado da Paraíba. Para este edital estão sendo destinados recursos no valor global de R$ 3 milhões, oriundos do Tesouro Estadual. As propostas deverão ser contempladas com o valor de até R$ 100 mil, sendo 70% custeio e 30% capital em relação aos itens financiáveis. São pesquisas científicas, tecnológicas ou de inovação.

Da Redação 
Com PB Agora

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48