sexta, 02 de dezembro de 2022
SIGA-NOS

Acusado nega envolvimento na morte de estudante paraibano



Publicado em quarta-feira, outubro 26, 2022 · Comentar 

O brasileiro Moroni Dener Rodríguez Romero, de 22 anos, negou envolvimento na morte do estudante paraibano Anderson Hugo Pereira Félix, de 29 anos. Moroni foi preso no último dia 20, mas a polícia identificou contradições em seu depoimento. O homicídio é investigado pela Polícia Nacional com o apoio da Polícia Civil de Ponta Porã.

O jovem prestou depoimento e no interrogatório negou que estaria na boate com a vítima. Porém, a polícia paraguaia solicitou as imagens, ele assumiu que eles saíram juntos e que estavam bêbados. A contradição chamou atenção da equipe policial e, por isso, o prenderam.

A família do brasileiro foi até ao consulado brasileiro no Paraguai e na Câmara Municipal de Ponta Porã pedir por sua liberdade.

Na segunda-feira (24), Silvano Meires Araújo, de 35 anos, foi preso. Ele também é um dos suspeitos de estar envolvido na morte do estudante de medicina.

Caso

O paraibano foi encontrado morto em uma estrada vicinal, em Pedro Juan Caballero. Ele era enfermeiro e atualmente estudava medicina na Universidade Autônoma San Sebastian (UASS).

A vítima foi encontrada às margens de uma estrada ao lado de uma grande pedra, que pode ter sido usada como arma do crime. Além disso, o estudante não portava nenhuma documentação, mas estava com a pulseira do estabelecimento.

MaisPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48